Geral

PM realiza 5º Seminário “Com as Mulheres a Segurança Pública é mais Humana”

A Polícia Militar realiza hoje (17), no auditório da Crea/MS, o 5º Seminário Com as Mulheres a Segurança Pública é mais Humana. Este ano o tema é “Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, pelo fim da violência contra a mulher”. O evento inclui a entrega o Prêmio Tenente-Coronel Ana Neize Baltha, às mulheres policiais […]

Arquivo Publicado em 17/03/2014, às 12h26

None

A Polícia Militar realiza hoje (17), no auditório da Crea/MS, o 5º Seminário Com as Mulheres a Segurança Pública é mais Humana. Este ano o tema é “Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, pelo fim da violência contra a mulher”.

O evento inclui a entrega o Prêmio Tenente-Coronel Ana Neize Baltha, às mulheres policiais militares e às da sociedade civil que tenham demonstrado dedicação e trabalho em prol de uma segurança pública mais democrática e humanitária.

Ainda está marcado o lançamento do Plano de Operação Padrão (POP) da PM para o atendimento da Mulher Vítima de Violência. O POP reúne procedimentos e condutas adequadas a serem realizadas pelos policiais militares em ocorrências de violência doméstica e familiar. O plano é resultado dos trabalhos do grupo QSL, Quebrando Silêncios e Lendas, formado ano passado durante a quarta edição do seminário. “Sabíamos da necessidade de preparar nossos policiais e padronizar o atendimento de ocorrências delicadas e com procedimento específico como as de violência doméstica. O plano contém informações importantes que nos ajudarão a prestar um serviço de excelência”, justificou o comandante-geral da PMMS, coronel Carlos Alberto David dos Santos.

Palestras

Duas palestras estão programadas. A promotora da 48ª Promotoria de Justiça de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar, Ana Lara Camargo de Castro, explana sobre o tema “Uma vida sem violência é o que queremos”. Depois o assunto é “Igualdade de gênero, uma luta possível”, na fala de Rosana Monti Henkin.

É a quinta vez que a Polícia Militar se reúne para discutir o papel da mulher na segurança pública e propor ações e políticas para melhorar o atendimento e combater a violência. “Esse debate é importante porque nos permite ouvir nossas policiais, saber as necessidades de trabalho e o que elas pensam sobre o serviço que prestamos. É um momento de reflexão que tem rendido bons frutos para a instituição e para toda a sociedade sul-mato-grossense”, disse o comandante-geral.

Uma das coordenadoras do QSL e presidente do Fundo de Assistência Feminino (FAF) da PMMS, Ana Arminda, concorda com o coronel. “Sabemos o quão importante é a atuação precisa e correta da Polícia Militar no processo de rompimento do ciclo da violência de gênero. Com um atendimento mais humano e sensível à situação apresentada, o trabalho policial pode fazer a diferença e contribuir para a construção de uma vida sem violência para mulheres e homens de nossa sociedade”, avaliou.

O 5º Seminário Com as Mulheres a Segurança Pública é mais Humana começa às 8 horas desta segunda-feira (17), no auditório do Crea/MS, na Rua Sebastião Taveira, 272, bairro Monte Castelo e conta com a presença da subsecretária de Políticas Públicas para a Mulher, Tai Loschi.

Jornal Midiamax