Geral

‘Plastificadora’ aproveita correria no TRE-MS para lucrar nos últimos dias do prazo

O negócio é do filho Claudio Diniz da Silva, mas a mãe e o neto do responsável ajudam a atender o público que aumentou nos últimos dias com o fim do prazo, na próxima quarta-feira (7), da Justiça Eleitoral para regularizar o título eleitoral. Segundo os colaboradores, desde a semana passada eles plastificam cerca de […]

Arquivo Publicado em 04/05/2014, às 15h05

None
674994607.jpg

O negócio é do filho Claudio Diniz da Silva, mas a mãe e o neto do responsável ajudam a atender o público que aumentou nos últimos dias com o fim do prazo, na próxima quarta-feira (7), da Justiça Eleitoral para regularizar o título eleitoral.


Segundo os colaboradores, desde a semana passada eles plastificam cerca de 300 títulos por dia a R$ 2 cada um. Para eles é um número muito bom em relação ao movimento em outros períodos do ano. “Estamos aqui todos os dias, e desde a semana passada aumentou muito o movimento”, afirmou o garoto.


Há dez anos no mesmo local, o segredo para garantir a clientela é o boca a boca. “Não deixamos escapar ninguém. Conseguimos no boca a boca”, disse a mãe de Claudio que acabava de gritar para atrair mais um cliente.

Jornal Midiamax