Geral

‘Perereca’ é julgado acusado de matar por vingança em Campo Grande

Ademilson Garcia de Arruda de 29 anos, conhecido como “Perereca”, que matou Lucas Veríssimo Valadares a tiros na manhã do dia 7 de outubro de 2008, será julgado às 8 horas, desta sexta-feira (12), na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande. Ele é acusado no art. 121, § 2º, incisos I e […]

Arquivo Publicado em 11/09/2014, às 21h33

None

Ademilson Garcia de Arruda de 29 anos, conhecido como “Perereca”, que matou Lucas Veríssimo Valadares a tiros na manhã do dia 7 de outubro de 2008, será julgado às 8 horas, desta sexta-feira (12), na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande.

Ele é acusado no art. 121, § 2º, incisos I e IV c/c art. 29, do Código Penal (homicídio qualificado por motivo torpe, com recurso que dificultou a defesa da vítima, mediante concurso de pessoas).

No dia do crime mediante concurso de pessoas com V.B.da S. e R.G.B. e usando um revólver, o réu efetuou disparos contra Lucas Veríssimo Valadares, que morreu na rua Durando Pereira da Silva com a rua Manoel Macedo Falcão, no bairro Parque do Sol.

Ainda de acordo com a denúncia, o crime foi cometido por motivo torpe, pois Ademilson assassinou Lucas por acreditar que ele teria sido autor do homicídio praticado contra seu primo, caracterizando vingança.

Consta na acusação do Ministério Público, que Ademilson Garcia dificultou a defesa da vítima, pois se aproximou e rapidamente efetuou disparos de revólver, pegando-o de surpresa. Em análise dos autos, o juiz Aluízio Pereira dos Santos, titular da Vara, pronunciou o réu nos termos da denúncia.

Jornal Midiamax