Geral

Pecuarista sofre sequestro relâmpago na Costa e Silva e tem caminhonete levada

Um pecuarista de 36 anos de São Gabriel do Oeste, que teve o nome preservado, sofreu sequestro relâmpago na madrugada desta quarta-feira (17), em Campo Grande. O fato aconteceu em um semáforo localizado na Avenida Costa e Silva, em frente da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). O rapaz ficou por duas horas […]

Arquivo Publicado em 17/09/2014, às 10h50

None

Um pecuarista de 36 anos de São Gabriel do Oeste, que teve o nome preservado, sofreu sequestro relâmpago na madrugada desta quarta-feira (17), em Campo Grande. O fato aconteceu em um semáforo localizado na Avenida Costa e Silva, em frente da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).


O rapaz ficou por duas horas nas mãos de dois homens armados com uma faca. Ele contou para os policiais da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) que, conduzia a caminhonete S-10, preta, placas OOG-1101, de São Gabriel do Oeste (MS), pela Avenida quando parou no semáforo que estava fechado.


Enquanto esperava o sinal verde, dois homens se aproximaram e anunciaram o roubo. A vítima foi colocada no banco de trás do veículo e um dos suspeitos colocou a faca no pescoço do pecuarista.


A vítima afirma que foi ameaçada de morte todo o tempo, caso reagisse. Ela disse que a dupla deu várias voltas pela cidade e fez diversas paradas, e revezavam na direção e na ameaça no banco traseiro da caminhonete.


Há possibilidade de os suspeitos terem parado em bocas de fumo, porém o pecuarista afirma não saber descrever os locais. Mais tarde, a dupla mandou que a vítima descesse do veículo nas proximidades da Vila Piratininga, área sul de Campo Grande.


Os ladrões fugiram com a caminhonete. Além disso, eles levaram o relógio do pecuarista, um notebook e óculos Prada.

Jornal Midiamax