Geral

Pastor evangélico de Iguatemi desaparece, amigos fazem campanha no facebook

Familiares e amigos estão à procura de um pastor evangélico desaparecido desde a noite de ontem (1⁰), em Iguatemi. O pastor Alexandre Cani, da Igreja Congregacional participava de um retiro com jovens em uma chácara situada a  quatro quilômetros da cidade, quando teria se deslocado até Iguatemi para buscar um aparelho de DVD e não […]

Arquivo Publicado em 02/03/2014, às 20h48

None
1560048682.jpg

Familiares e amigos estão à procura de um pastor evangélico desaparecido desde a noite de ontem (1⁰), em Iguatemi.
O pastor Alexandre Cani, da Igreja Congregacional participava de um retiro com jovens em uma chácara situada a  quatro quilômetros da cidade, quando teria se deslocado até Iguatemi para buscar um aparelho de DVD e não voltou.

A imagem dele, com informações de como estava na data do desaparecimento foi publicada no facebook, e foi compartilhada quase 300 vezes.

Segundo os membros da comunidade evangélica informaram ao site A Gazeta News, o último contato com o pastor foi via celular por volta das 19 horas de ontem. No telefonema o pastor teria relatado que estava deixando a igreja para retornar ao retiro.

Esse teria sido o último contato com o religioso. Dez minutos depois, os membros da coordenação do retiro tentaram novas ligações, mas Alexandre não atendeu e nem retornou.

Segundo os membros da igreja, na manhã deste domingo o celular do pastor só dá na caixa de mensagem, o quer dizer que pode estar desligado ou fora da área de serviço.

Quando desapareceu o pastor estava com  Ford Fiesta cor branca, ano 2013, placas NSB-4211 de Iguatemi-MS.

Qualquer informação sobre o paradeiro do pastor Alexandre Cani poderá ser repassada aos membros da Igreja Congregacional pelo fone (67) 9853-1030, para a Polícia Militar de Iguatemi pelo fone de emergência, o 190 ou o (67) 3471-1313, a Polícia Civil local pelos fones, (67) 3471-1071/3471-1372 ou na unidade policial mais próxima.

Até ontem o desaparecimento do religioso ainda não havia sido registrado oficialmente.

Jornal Midiamax