Geral

Parque do Sol ganha até dezembro praça da juventude

A população do bairro Parque do Sol e região será beneficiada até o mês de dezembro com a inauguração da Praça da Juventude. O grande projeto, do Ministério do Esporte e da Cultura, gerido pela prefeitura de Campo Grande, tinha abertura programada para Maio de 2015, mas com as obras caminhando em largo ritmo, foi […]

Arquivo Publicado em 05/06/2014, às 00h29

None

A população do bairro Parque do Sol e região será beneficiada até o mês de dezembro com a inauguração da Praça da Juventude. O grande projeto, do Ministério do Esporte e da Cultura, gerido pela prefeitura de Campo Grande, tinha abertura programada para Maio de 2015, mas com as obras caminhando em largo ritmo, foi projetada a antecipação do inicio das atividades da praça.

O espaço tem como concepção, uma área de convivência comunitária para atividades culturais, de inclusão digital e de esporte/lazer para todos os cidadãos, com ênfase aos jovens. A evolução da obra ficou mais evidente com a liberação de R$ 616 mil do MINC-CEF (Ministério da Cultura/Caixa Econômica Federal), no último dia 14, em continuidade dos repasses ao empreendimento, aponta o secretario da Seintrha, Semy Ferraz.

O secretario disse que este recurso vem a Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) como parte dos R$ 3,8 milhões referente ao total da obra, em especial neste momento, para a resolução de débitos que já poderiam ‘travar’ a plena continuidade da construção. “Este recurso do MINC-CEF, foi publicado no Diário Oficial para cumprir tramite da administração na execução financeira com liberação dos recursos da continuidade dos repasses ao empreendimento, que iniciou em 2012, em ação do governo federal com contrapartida da prefeitura. Isto significa pagar o que já está em andamento e com a obra seguindo seu curso para até entregarmos antes do previsto”, explica Semy.

A avaliação da antecipação da data de abertura (inauguração) é ratificada pelo coordenador de Obras da Seintrha, Sergio Tavares, que comenta sobre o planejamento da obra caminhando além do previsto em calendário de execução. “A praça tem cronograma de entrega pela empresa, para o mês de maio do próximo ano. Mas a obra está adiantada, com fases ainda previstas já em execução. Assim, podemos prever, vislumbrar a liberação do local pronto, já para dezembro deste ano. Ou até mesmo sendo mais otimista, para um mês mais próximo”, avalia.

Nesta quarta-feira (4), constatamos a evolução do espaço que está sendo construído no Parque do Sol, com quase todas as partes em alvenaria, em finalização. A Praça terá pista de skate, pista de caminhada, quadra de vôlei de areia, campo de futebol society, quadra poliesportiva coberta, pista para salto e academia para terceira idade. Como ainda equipamentos para malhação juvenil, com vestiário masculino e feminino.

Outros espaços importantes e inovador serão um anfiteatro, uma sala de cinema e um local fechado para convivência, com equipamentos de informática e salas de ginástica. Além dos setores de administração, para reunião e os sanitários. Os recursos da obra, orçada em R$ 3,8 milhões esta dentro do Programa Praças dos Esportes e da Cultura, do PAC-Esportes (Programa de Aceleração do Crescimento).

Projeto

Coforme o Ministério do Esporte, o projeto ‘Praça da Juventude’ foi criado em 2007 com o objetivo de levar principalmente um equipamento esportivo público e qualificado para a população que pudesse, ao mesmo tempo, tornar-se ponto de encontro e referência para a juventude. Mas também, que se fixasse, além de um espaço físico para a prática de esportes, como uma área de convivência comunitária na realização de atividades culturais, de inclusão digital e de lazer para toda a população da região e de todo município.

O projeto Praça da Juventude, tem em cada unidade, cerca de sete mil m² e prevê a construção do ginásio poliesportivo coberto, cuja infraestrutura completa apresenta-se em módulos: pistas para salto triplo e à distância, pista para caminhadas, quadra de vôlei de praia, área de exercícios, campo de futebol society, pista para skate, teatro de arena, centro de convivência da terceira idade com sala de ginástica, quiosque de alimentação, vestiários e arquibancadas.

Mais na Capital

Na Capital, o Programa PEC do PAC-Esportes, além do Parque do Sol, tem programado outros três espaços, nos Jardim Batistão, Serra Azul e Noroeste, que hoje estão paralisados, mas que a prefeitura deve retomar as obras ainda este ano. “As obras paralisadas se deve à falta de encaminhamento de recursos (pagamentos) as empresas que faziam os trabalhos. Agora estamos regularizando as dividas para retomada das obras em breve”, explica Semy.

Jornal Midiamax