Geral

Parentes e amigos comparecem ao velório de Mauricio Torres no Rio de Janeiro

O velório do apresentador e narrador Mauricio Torres, da Rede Record, teve início às 11h deste domingo (1) na capela do Cemitério São João Batista, em Botafogo, Rio de Janeiro. O enterro será às 16h, no mesmo local. A viúva Suzana Naspolini, ao lado da filha, de oito anos, e de amigas, chega para o […]

Arquivo Publicado em 01/06/2014, às 17h12

None
1437878249.jpg

O velório do apresentador e narrador Mauricio Torres, da Rede Record, teve início às 11h deste domingo (1) na capela do Cemitério São João Batista, em Botafogo, Rio de Janeiro. O enterro será às 16h, no mesmo local.


A viúva Suzana Naspolini, ao lado da filha, de oito anos, e de amigas, chega para o velório. Também compareceram personalidades conhecidas do público, como o ator Roberto Bonfim. O jornalista Edney Silvestre, abalado, compareceu para se despedir do amigo. Mauricio Torres, apresentador do Esporte Fantástico e narrador esportivo da Rede Record morreu aos 43 anos, neste sábado (31), em São Paulo.


Ele estava internado desde o dia 1º de maio no hospital Sírio Libanês, na capital paulista, depois de sofrer uma arritmia cardíaca durante um voo entre Rio de Janeiro e São Paulo. Torres teve falência múltipla dos órgãos, segundo boletim médico oficial e morreu no início da noite.


Os apresentadores da Rede Record, Celso Zucatelli e Roberta Piza compareceram para prestar a última homenagem a Mauricio. Zucatelli estava muito emocionado.


“Não dá para mensurar o tamanho da perda. O Mauricio só levava coisa boa, sempre tinha uma palavra boa, de força, de amizade. Nós cobrimos juntos Guadalajara, Londres e várias outras transmissões ao vivo na Record. Ele era um parceiro incrível. E o que eram aquelas narrações dele?! Impressionantes! Eram deliciosas de acompanhar. Ele levava a gente junto para a quadra, para a piscina, para o campo. Ele era demais. O mais importante agora é a gente dar apoio à família, à filha linda que ele tinha.”


O jornalista Edmílson Ávila esteve presente, assim como o apresentador da Globo, Tadeu Schmidt, que falou sobre o companheiro.


“Desde que ele saiu da Globo, nós perdemos um pouco o contato. Mas todas as vezes que nos víamos era uma festa muito grande, muita alegria, um sentimento muito verdadeiro. O Brasil perde um excelente narrador. Um grande profissional, com uma voz maravilhosa. Eu tive a responsabilidade de substituir o bom humor e a voz gostosa do Mauricio na apresentação do esporte no Bom Dia Brasil. Ele tinha sempre uma conversa agradável, um bate-papo legal. Ele vai fazer muita falta.”


Também foram dar um abraço nos familiares as jornalistas Ana Paula Araújo e Lilian Teles, que já trabalharam em outras ocasiões com Mauricio Torres.


A notícia sobre a morte de Torres causou comoção nas redes sociais, deixando consternados jornalistas, telespectadores e companheiros, que fizeram inúmeras manifestações de pesar. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) determinou um minuto de silêncio em todos os jogos da rodada do Campeonato Brasileiro. A Rede Record também emitiu uma nota oficial na qual lamentou ter perdido um dos maiores talentos da sua geração, externando solidariedade e sentimentos aos familiares, amigos e fãs.

Jornal Midiamax