Geral

Parceria entre Sesc e embaixada deixa sonho de estudar nos EUA mais próximo

O sonho de estudar em outro país está cada vez mais presente na realidade dos brasileiros. Os Estados Unidos continuam sendo um dos roteiros mais procurados, por oferecer a oportunidade de estudar com os melhores professores, com estrutura diferenciada e uma cultura inerente ao êxito. O país possui um excelente sistema de ensino e conta com […]

Arquivo Publicado em 24/06/2014, às 17h30

None
121096020.jpg

O sonho de estudar em outro país está cada vez mais presente na realidade dos brasileiros. Os Estados Unidos continuam sendo um dos roteiros mais procurados, por oferecer a oportunidade de estudar com os melhores professores, com estrutura diferenciada e uma cultura inerente ao êxito.

O país possui um excelente sistema de ensino e conta com muitas das melhores universidades do mundo, em diversas áreas, e isso faz com muitas pessoas queiram fazer algum curso nos Estados Unidos.

Apesar das propostas e incentivos fascinantes devem-se tomar alguns cuidados antes de decidir sobre o roteiro, sendo este de fundamental importância para quem quer viajar para um ambiente totalmente diferente do habitual, com enorme diferença cultural e a própria barreira do idioma.

O aluno não pode dispensar conselhos e ter consciência do real objetivo da viagem, apresentando um bom plano de estudo, identificando se a vontade é estudar inglês, de buscar uma graduação, uma especialização, ou afins, sabendo respeitar seu perfil.

Diante desse cenário, Campo Grande vai contar, a partir de 1º de julho, com o projeto American Corner (Esquina Americana), uma assessoria gratuita para os interessados em intercâmbio educacional.

Para o estudante Gabriel Abreu Scaff, de 16 anos, essa é uma oportunidade de ver o sonho se concretizar. De acordo com o adolescente, já faz um tempo que tem vontade de fazer um curso de inglês para aperfeiçoar o idioma. “Desde que comecei o curso de inglês senti uma vontade enorme de me aprimorar nos Estados Unidos e acho que com essa assessoria vai ficar mais fácil conseguir fazer o curso lá”, afirma.

Para a mãe do estudante, Ana Paula de Abreu, de 41 anos, que apoia e incentiva o filho a fazer um curso em outro país, esta é a oportunidade que a Esquina Americana vai proporcionar para todas as pessoas que queiram estudar fora do País. “Acho que essa assessoria vai deixar mais fácil para todos e ela também vai fazer a ligação entre os interessados e os Estados Unidos”, ressalta.

A mãe vê agora a oportunidade de o filho realizar o sonho de aperfeiçoar seu inglês. “É uma chance que a assessoria está proporcionando às pessoas de conhecerem novas culturas e aprimorar o conhecimento”, conclui.

Outra que está bastante animada com a ideia é a acadêmica de Medicina Veterinária Lívia Ajul Miyasato, de 25 anos, que pretende fazer pós-graduação ao terminar o curso. “Assim que concluir minha faculdade vou tentar fazer uma especialização e aproveitar para aprimorar o meu inglês”, alega.

A universitária disse que está empolgada com a assessoria porque vai facilitar o acesso para as pessoas que queiram estudar na América do Norte. “Eu já tentei várias vezes ir para outro país pelo programa Ciências Sem Fronteiras, mas ainda não consegui. Quem sabe agora consiga fazer minha especialização”, diz.

O projeto Esquina Americana é uma parceira do Sesc MS com a embaixada americana dos Estados Unidos e será lançada na próxima segunda-feira (30), às 14h, no espaço do Sesc Horto.

O lançamento terá show da banda norte-americana de bluegrass Della Mae, vernissage de abertura da exposição de fotos Herança Compartilhada, Oficina de Fotografia e Musical. A Missão Diplomática dos EUA doou um acervo literário de quase 500 itens para a Biblioteca do Sesc Horto.

Projeto American Corner (Esquina Americana)

O projeto tem por objetivo fornecer aos interessados informações necessárias, dando consultoria e fazendo acompanhamento com serviço totalmente gratuito.

O candidato passará por duas etapas. Na primeira participará de uma palestra, mediante agendamento prévio, e depois na segunda, um acompanhamento individual. Um profissional, denominado adviser (orientador), fará o aconselhamento, em função da meta e perfil do candidato, subsidiando-o com informações que vão desde a elaboração das chamadas cartas de admissão até orientações sobre quais os vistos e procedimentos necessários para cada caso.

Serviço: O Sesc Horto está localizado na Rua Anhanduí, 200, centro. Mais informações pelo telefone (67) 3357-1200.




Jornal Midiamax