Geral

Para março, municípios de MS terão R$ 32 milhões a menos, diz Assomasul

O aumento nos repasses de janeiro e fevereiro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), deve ser interrompida e a previsão é pessimista para o próximo mês. Segundo a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), a expectativa é de queda de R$ 32 milhões para março.  Segundo a Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), o FPM para […]

Arquivo Publicado em 12/02/2014, às 16h56

None

O aumento nos repasses de janeiro e fevereiro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), deve ser interrompida e a previsão é pessimista para o próximo mês. Segundo a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), a expectativa é de queda de R$ 32 milhões para março. 


Segundo a Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul), o FPM para o próximo mês é de R$ 69.870.500,00. Conforme o cálculo do STN, a queda de 32% representa R$ 32,8 milhões em março em relação a fevereiro.


De acordo com os últimos repasses, em janeiro o FPM registrou um aumento de 11% em relação a dezembro de 2013, totalizando R$ 89.949.638,75. Em dezembro do ano passado, o governo federal repassou R$ 81.368.025,44.


Apesar da previsão pessimista para o próximo mês, em fevereiro, a previsão é de elevação de 14% em relação a janeiro, devendo fechar o mês com um total de R$ 102.750.852,07. Aidna faltam dois repasses, previstos para os dias 20 e 28.


Diante da queda iminente, o presidente da Assomasul, prefeito de Anastácio Douglas Figueiredo (PSDB), recomenda cautela nos investimentos, observando que a retração de 32% prevista para março é superior aos aumentos registrados nos dois primeiros meses do ano (janeiro mais 11% e fevereiro mais 14%), que somados dão 25% . “Não há outra saída a não ser a redução de gastos”, finalizou.

Jornal Midiamax