Geral

Padrasto alega ter tomado vodca e vinho depois de ter agredido crianças no José Abrão

O auxiliar de produção em uma fábrica de refrigerantes localizada na região sul de Campo Grande, Fernando Floriano Duarte, de 33 anos, que foi preso nesta quinta-feira (18) apontado como o responsável por espancar os enteados de 6 e 2 anos e meio e violentar a bebê admitiu ter ingerido bebida alcoólica. Ele havia alegado […]

Arquivo Publicado em 19/09/2014, às 14h27

None
2089030102.jpg

O auxiliar de produção em uma fábrica de refrigerantes localizada na região sul de Campo Grande, Fernando Floriano Duarte, de 33 anos, que foi preso nesta quinta-feira (18) apontado como o responsável por espancar os enteados de 6 e 2 anos e meio e violentar a bebê admitiu ter ingerido bebida alcoólica. Ele havia alegado isso na noite de ontem, quando foi detido, pois estava com odor de bebida etílica.


Fernando informou que ingeriu vodca e vinho depois da agressão e não antes. Ele alegou que fez isso porque queria esquecer que machucou as crianças “sem querer”. Além disso, o suspeito afirmou que não cortou o cabelo para disfarçar.


“Cortei à tarde, antes do ocorrido, porque estava calor”, afirma. De acordo com populares, o suspeito tinha o cabelo alto e espetado e que ele nunca havia raspado.

Jornal Midiamax