Geral

Operação na Cidade de Deus em busca de foragido é elogiada por moradores

Pela manhã desta quarta-feira (4) já é percebido um cenário bem diferente do que ocorreu no fim da tarde de terça-feira (3), onde vários policiais realizaram uma operação em busca do quarto envolvido no crime de latrocínio, roubo seguido de morte, do policial militar Rony Mayckon Varoni de Moura, de 28 anos. A calmaria é […]

Arquivo Publicado em 04/06/2014, às 13h14

None
113682151.jpg

Pela manhã desta quarta-feira (4) já é percebido um cenário bem diferente do que ocorreu no fim da tarde de terça-feira (3), onde vários policiais realizaram uma operação em busca do quarto envolvido no crime de latrocínio, roubo seguido de morte, do policial militar Rony Mayckon Varoni de Moura, de 28 anos. A calmaria é visível e o trabalho de ontem foi elogiado pelos moradores.

“Nunca vi tanta polícia junta como ontem, mas gostei do que eles fizeram aqui”, conta a morador Daniel Pereira, de 53 anos. “Não fiquei com medo da ação policial, acho que quem teve medo é quem deve algo. E se tinha alguém que ‘devia’ por aqui foi até bom porque também já espantou”, afirma.

Ele considerou a operação normal e pacífica na região, assim como a moradora Roseline Horácio de Castro, de 42 anos. “Eles foram supercorretos, não teve abuso nenhum, pelo contrário foram educados”, elogia.


Ela conta que teve a casa vistoriada pelos policiais. “Eles pediram se podiam olhar e eu deixei, assim como muitos que não devemos nada. Acredito que os únicos a ficarem com medo, foram os marginais”, ressalta.


Mesma opinião de José Teodoro da Silva, de 59 anos, que achou a operação positiva. “Achei que a ação foi positiva, só tive medo do helicóptero que passou baixo por aqui e meu barraco tremeu. Fiquei com medo dele ser levado pelo vento da aeronave”, lembra.

Jornal Midiamax