Geral

Operação internacional bloqueia vírus que teria desviado US$ 100 mi

Uma operação internacional deflagrou uma rede de criminosos virtuais que infectava computadores usando um vírus e desviava dinheiro de contas bancárias. Segundo o Departamento de Justiça dos EUA, o grupo roubou mais de US$ 100 milhões (cerca de R$ 226,1 mi) de empresas e usuários desde 2011. As informações são do “Daily Mail”. Não há […]

Arquivo Publicado em 03/06/2014, às 15h33

None

Uma operação internacional deflagrou uma rede de criminosos virtuais que infectava computadores usando um vírus e desviava dinheiro de contas bancárias.


Segundo o Departamento de Justiça dos EUA, o grupo roubou mais de US$ 100 milhões (cerca de R$ 226,1 mi) de empresas e usuários desde 2011. As informações são do “Daily Mail”.


Não há informações se alguém foi preso, mas o governo norte-americano divulgou que a base da quadrilha era na Rússia e que existem alguns suspeitos, como o russo Evgeniy Mikhailovich Bogachev. A força-tarefa incluiu órgãos de segurança de 12 países, em conjunto com empresas privadas.


Entre 500 mil e 1 milhão de computadores estavam infectados com o vírus, chamado de Gameover Zeus, de acordo com os EUA. O byte malicioso era capaz de roubar senhas bancárias e bloquear outros arquivos, que só seriam liberados mediante pagamento de resgate.


A fábrica de plásticos Reinforced Plastics, da Pensilvânia, EUA, teria perdido US$ 373 mil (cerca de R$ 843,5 mil) em um golpe deste grupo. Já um banco da Flórida (EUA), diz ter sofrido um prejuízo de US$ 7 milhões (cerca de R$ 15,8 milhões).


“Esse esquema era altamente sofisticado, extremamente lucrativo e difícil de interromper”, disse Leslie Caldwell, que dirige a divisão criminal do Departamento de Justiça dos EUA, em entrevista coletiva.


Caldwell disse ainda que o vírus foi temporariamente desativado, mas pode ser reativado pelos hackers. Operadoras de internet norte-americanas informaram que vão notificar usuários infectados com o vírus Gameover Zeus.

Jornal Midiamax