Geral

Operação Fronteira Unida apreende mais de meia tonelada de drogas em 12 horas

Em 12 horas a Operação Fronteira Unida: Copa do Mundo, realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira (GGIFron) e 3ª Cipm (Companhia Independente de Polícia Militar) de Amambaí, a 351 quilômetros de Campo Grande, já apreendeu mais de meia tonelada de drogas. Os entorpecentes foram apreendidos nesta quarta-feira (4) em duas cidades. Em Tacuru […]

Arquivo Publicado em 05/06/2014, às 18h44

None
1864626617.jpg

Em 12 horas a Operação Fronteira Unida: Copa do Mundo, realizada pelo Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira (GGIFron) e 3ª Cipm (Companhia Independente de Polícia Militar) de Amambaí, a 351 quilômetros de Campo Grande, já apreendeu mais de meia tonelada de drogas.

Os entorpecentes foram apreendidos nesta quarta-feira (4) em duas cidades. Em Tacuru 240 quilos de maconha e um quilo de esferas de haxixe foram encontrados em uma Saveiro com placas de SP. Na cidade de Amambai, 267 quilos de maconha estavam sendo transportados em uma Captiva, de Ribeirão Preto, por um casal que levaria a droga para São Paulo.

A operação

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), através do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira (GGIFron), deflagrou a Operação Fronteira Unida: Copa do Mundo. Com o intuito de garantir a segurança, diminuir o tráfico de drogas e o contrabando na fronteira do País, a ação reune várias forças militares.

Durante o período da Copa do Mundo a fronteira de Mato Grosso do Sul terá seu patrulhamento reforçado e intensificado, principalmente nas regiões de Antônio João, Amambaí e Ponta Porã.

Os resultados já são visíveis, durante todo o ano de 2013, 136 toneladas de drogas foram apreendias nas fronteiras do Estado. Nos cinco primeiros meses de 2014 o número de apreensões ultrapassa as 70 toneladas de entorpecentes.

A ação envolve patrulhamento terrestre e aéreo. Enquanto os policiais percorrem as rodovias, o helicóptero da Coordenadoria Geral de Policiamento Aéreo (CGPA), identifica veículos suspeitos e orienta as viaturas terrestres.

Participam da operação, Exército, Marinha, Aeronáutica, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Militar Ambiental, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Estado de Fazenda, Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal, Departamento de Operações de Fronteira e Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul.




Jornal Midiamax