Geral

Olarte diz que não deve nada para MegaServ e admite romper contrato

O prefeito Gilmar Olarte (PP) afirmou neste domingo (23) que não deve nada para a MegaServ, empresa que presta serviços de limpeza de postos de saúde da Capital, e avisou que pode romper contrato se houver interrupção no serviço. “Não devemos nada para a MegaServ e se ela interromper o serviço vamos buscar uma solução […]

Arquivo Publicado em 22/06/2014, às 23h07

None

O prefeito Gilmar Olarte (PP) afirmou neste domingo (23) que não deve nada para a MegaServ, empresa que presta serviços de limpeza de postos de saúde da Capital, e avisou que pode romper contrato se houver interrupção no serviço.

“Não devemos nada para a MegaServ e se ela interromper o serviço vamos buscar uma solução legal para que os munícipes sejam atendidos”, disse Olarte. “A população não pode pagar pela ingerência de ninguém”, afirmou o prefeito.

No dia 11 deste mês, três ex-funcionárias da empresa reivindicaram o pagamento do FGTS após um ano de trabalho. Cecília da Silva Rodrigues, Selma Moreira da Silva e Cecília Geralda alegaram que recebiam ameaças de demissão quando reclamavam das condições de trabalho.

Sem o pagamento do FGTS alguns funcionários ameaçam paralisar o serviço. A empresa foi contratada para prestar serviços de limpeza em postos de saúde na gestão do ex-prefeito cassado Alcides Bernal (PP).

Gilmar Olarte admite a possibilidade de romper o contrato com a empresa, se houver suspensão do serviço. “É natural, se suspender o serviço no outro dia vamos procurar uma saída. Se nós pagamos em dia porque a empresa vai interromper?”, questionou Olarte.

“Se o problema é interno, resta encontrarmos uma solução para não deixar de atender a população”, encerrou o prefeito.



Jornal Midiamax