Geral

Obras na BR-163 têm início e rodovia contará com serviços médico e mecânico a cada 50 km

Foram iniciadas nesta segunda-feira (14), as obras na BR-163. O gerente de atendimento da CCR, Companhia de Concessão de Rodovias, Fausto Camiloti, frisou que, até outubro, estará em funcionamento o SAU, Serviço de Atendimento ao Usuário. “Em seis meses, vamos deixar a rodovia com uma cara nova”. De acordo com Fausto, a intenção é ter […]

Arquivo Publicado em 14/04/2014, às 19h34

None
441881515.jpg

Foram iniciadas nesta segunda-feira (14), as obras na BR-163. O gerente de atendimento da CCR, Companhia de Concessão de Rodovias, Fausto Camiloti, frisou que, até outubro, estará em funcionamento o SAU, Serviço de Atendimento ao Usuário. “Em seis meses, vamos deixar a rodovia com uma cara nova”.

De acordo com Fausto, a intenção é ter equipes médicas e mecânicas a cada 50 quilômetros da rodovia, que socorrerão usuários da BR-163 em caso de acidentes. Ele afirmou ainda que, a longo prazo, a rodovia será inteiramente monitorada por 505 câmeras.

A princípio, equipes de limpeza já atuam em todo o perímetro da rodovia. A intenção é priorizar os locais onde placas estão encobertas pelo mato. Neste processo inicial, também será feita a limpeza e desobstrução de bueiros, para impedir o alagamento da rodovia nos períodos de chuvas.

Segundo Fausto, o maior problema da rodovia é o pavimento. “O desafio é grande”, afirma, informando o trecho mais complicado é o norte, entre Coxim e Sonora.

A longo prazo, trechos da rodovia ainda que ainda não foram definidos, serão duplicados. Também serão implantadas novas placas de sinalização. Há uma estimativa de que serão produzidas 8 mil placas.

Segundo assessoria, está previsto para o ano que vem o início de cobrança de pedágio. Serão construídas praças de pedágio a cada 100quilômetros da rodovia e o valor estimado é de R$ 4,38, podendo ser ainda reajustado.

Empregos

Inicialmente, foram contratados 500 profissionais para atuarem no SAU, mas segundo a assessoria, as obras gerarão três mil empregos nos primeiros 5 anos. No momento, eles estão em processo de contratação de motoristas de caminhonetes, caminhões e ambulância e também de enfermeiros e auxiliares de enfermagem.

Atenção

O assessor Mauricio pede atenção aos motoristas que transitarem pela rodovia. Os trechos estão todos sinalizados, mas deve-se ter cuidado redobrado, pois há trabalhadores nos acostamentos.

Jornal Midiamax