Geral

Obama receberá primeiro-ministro ucraniano para tratar crise na Crimeia

O presidente americano, Barack Obama, e o primeiro-ministro interino da Ucrânia, Arseni Yatseniuk, buscarão nesta quarta-feira em Washington uma “resolução pacífica à atual intervenção militar russa na Crimeia”, informou a Casa Branca neste domingo em comunicado. Yatseniuk se reunirá com o líder americano na Casa Branca apenas quatro dias antes da data escolhida pelas autoridade...

Arquivo Publicado em 09/03/2014, às 17h18

None

O presidente americano, Barack Obama, e o primeiro-ministro interino da Ucrânia, Arseni Yatseniuk, buscarão nesta quarta-feira em Washington uma “resolução pacífica à atual intervenção militar russa na Crimeia”, informou a Casa Branca neste domingo em comunicado.

Yatseniuk se reunirá com o líder americano na Casa Branca apenas quatro dias antes da data escolhida pelas autoridades pró-russas da Crimeia para realizar um referendo que decidirá se a região autônoma se une à Federação Russa.

Os Estados Unidos advertiram que essa consulta é ilegal e de modo algum reconhecerá a anexação da península da Crimeia à Rússia.

Segundo a Casa Branca, Obama e Yatseniuk tentarão encontrar uma solução que “respeite a soberania e integridade territorial ucraniana”.

Além disso, os dois líderes falarão sobre as formas como a comunidade internacional pode ajudar na recuperação econômica da Ucrânia, depois que a Casa Branca autorizou uma linha de crédito de US$ 1 bilhão a este país.

“A visita vai a ressaltar o forte apoio dos Estados Unidos ao povo da Ucrânia, que demonstrou uma coragem e uma constância inspiradoras neste tempo de crise”, afirmou a Casa Branca.

Obama também tratará com o primeiro-ministro ucraniano, nomeado pelo Parlamento no final de fevereiro após a dissolução do governo do presidente Viktor Yanukovich, a preparação das eleições presidenciais de maio.

Jornal Midiamax