Geral

Notas baixas para a Igrejinha deixam integrantes revoltados e cavalaria da PM é acionada

Notas baixas de jurados para a escola de samba Igrejinha, deixaram integrantes revoltados com os jurados e com isso a cavalaria da Polícia Militar teve de ser acionada para conter os agremiados. Confiante, a escola presente com a bateria durante apuração era uma das mais animadas durante a noite. Uma nota 6,0 para a mestre […]

Arquivo Publicado em 06/03/2014, às 00h08

None
54318251.jpg

Notas baixas de jurados para a escola de samba Igrejinha, deixaram integrantes revoltados com os jurados e com isso a cavalaria da Polícia Militar teve de ser acionada para conter os agremiados. Confiante, a escola presente com a bateria durante apuração era uma das mais animadas durante a noite.

Uma nota 6,0 para a mestre sala e porta bandeira, foi o estopim para que integrantes começassem a xingar em coro os jurados e ameaçaram invadir o local destinado aos jurados.

“As fantasias montadas são de primeira linha, dois jurados deram dez e um deu seis. Teve escola de samba que não desfilou com fantasia de primeira linha recebeu nota dez, falta parâmetro”, diz o advogado e um dos diretores da escola, Osvaldo Pimenta.

Representantes da escola, disseram que entrarão com recurso, para que seja homologado a decisão dos jurados. O presidente da Lienca (Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande), Eduardo Souza disse que aguardará o recurso.

Jornal Midiamax