Geral

Noiado confessa que esfaqueou colega que ‘deu balão’ e tirou sarro

O ex-detento Jair Sebastião Gomes, 37 anos, foi preso após ser identificado pela Polícia Civil como acusado de esfaquear Valério Escolhante, 31 anos, no dia 23 de janeiro deste ano, no Jardim Sayonara, em Campo Grande. De acordo com o delegado Valmir Messias Moura Fé, da 7ª DP, Jair teria esfaqueado Valério após entregar R$ […]

Arquivo Publicado em 07/02/2014, às 19h46

None
485720273.jpg

O ex-detento Jair Sebastião Gomes, 37 anos, foi preso após ser identificado pela Polícia Civil como acusado de esfaquear Valério Escolhante, 31 anos, no dia 23 de janeiro deste ano, no Jardim Sayonara, em Campo Grande. De acordo com o delegado Valmir Messias Moura Fé, da 7ª DP, Jair teria esfaqueado Valério após entregar R$ 80 para que ele comprasse drogas. A vítima não comprou o entorpecente e ainda teria ficado “debochando” do acusado.


Ainda conforme o delegado, Jair seria morador de rua, é ex-presidiário de Corumbá e possui pelo menos cinco registros por ocorrências de furtos e roubo e será indiciado agora por tentativa de homicídio qualificado. O inquérito será encaminhado para Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf) para que os outros de roubos e furtos sejam investigados.


“Já tínhamos informações sobre um “Corumbá”, suspeito de vários roubos que estava no Sayonara. Além da tentativa de homicídio, também é suspeito de vários roubos na região. Ele abordava as vítimas, principalmente mulheres, utilizando uma faca”, explica.


Após ser preso, Jair confessou que esfaqueou a vítima por ele não ter comprado a droga e ficado com o dinheiro. “Falei várias vezes e ele ficava debochando de mim e ainda mexeu com a minha mulher”, diz o acusado.


Segundo delegado, a vítima também é morador de rua e usuário de drogas. Depois de ter sido esfaqueado ele foi encaminhado para Santa Casa, onde ficou internado, e após receber alta, não procurou à polícia.

Jornal Midiamax