Geral

Mulher que teve o silicone rompido ganha indenização de R$ 20 mil por danos morais

A empresária M.M.B.F. ganhou R$ 20 mil em ação de indenização por danos morais contra empresa de implantes mamários, após sua prótese de silicone romper durante suas férias, após quase um ano depois da cirurgia. No entendimento do juiz titular da 11ª Vara Cível de Campo Grande, José Eduardo Neder Meneghelli, ficou comprovado o abalo […]

Arquivo Publicado em 26/03/2014, às 18h28

None

A empresária M.M.B.F. ganhou R$ 20 mil em ação de indenização por danos morais contra empresa de implantes mamários, após sua prótese de silicone romper durante suas férias, após quase um ano depois da cirurgia.

No entendimento do juiz titular da 11ª Vara Cível de Campo Grande, José Eduardo Neder Meneghelli, ficou comprovado o abalo moral, pois a autora passou por estresse por causa do defeito do produto comercializado pela empresa, quando precisou interromper suas férias para voltar a Campo Grande e realizar nova a cirurgia, apesar da ré disponibilizar a troca do produto imediatamente.

A autora da ação narra que tinha certificado de garantia de substituição vitalícia em caso de ruptura ou contratura capsular. A empresa argumentou que a mulher estava ciente dos riscos e pediu para que a dona da marca da prótese também fosse citada no processo, porém após tentativa de conciliação esta foi excluída da ação.

Jornal Midiamax