Geral

Mulher corre risco de ficar cega ao ser agredida por se negar a fazer sexo com marido

Mulher, de 47 anos de idade moradora no Residencial Novo Oeste, em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, corre o risco de perder a visão em virtude de uma agressão que sofreu do marido, de 48 anos de idade. De acordo com informações do portal Rádio Caçula, a vítima e o marido estavam […]

Arquivo Publicado em 18/02/2014, às 13h47

None

Mulher, de 47 anos de idade moradora no Residencial Novo Oeste, em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, corre o risco de perder a visão em virtude de uma agressão que sofreu do marido, de 48 anos de idade.

De acordo com informações do portal Rádio Caçula, a vítima e o marido estavam bebendo quando o marido desejou manter relações sexuais e exigiu que a mulher tomasse banho, pois “estaria fedendo”.

Ela se recusou a tomar banho e com isso o marido pegou um frasco de desodorante e borrifou direto nos olhos da vítima. A polícia foi chamada e encaminhou a mulher a uma Unidade de Pronto Atendimento Médico-UPA.

O médico de plantão, no entanto, ao ver a gravidade da situação, a encaminhou ao hospital Auxiliadora, constatando o risco de perda da visão.

O marido não foi localizado, pois fugiu da residência antes da chegada da polícia.Por seu turno,a mulher afirmou que constantemente é agredida por ele.

Jornal Midiamax