Geral

Mulher cega passou 416 horas da vida fazendo tatuagens que ela nunca poderá ver

Fran Atkinson, de 52 anos e do País de Gales, levou 416 horas para ter o corpo todo tatuado, do pescoço até os pés. No entanto, ela não pode conferir o resultado do trabalho que durou três anos porque é cega. Os dados são do jornal Daily Mail. “A minha primeira tatuagem é de um […]

Arquivo Publicado em 08/02/2014, às 12h57

None
1248149888.jpg

Fran Atkinson, de 52 anos e do País de Gales, levou 416 horas para ter o corpo todo tatuado, do pescoço até os pés. No entanto, ela não pode conferir o resultado do trabalho que durou três anos porque é cega. Os dados são do jornal Daily Mail.

“A minha primeira tatuagem é de um pégasus voando, feita há 25 anos. Cerca de três anos atrás, acordei um dia, algo estalou na minha mente e eu decidi que queria ter um traje corporal completo. Comecei a vir ao Greg Bowman (tatuador) para sessões de duas horas por semana, mas, no último ano e meio, elas dobraram para quatro horas. Eu lhe disse que queria um tema egípcio nas minhas costas e dei carta branca para fazer o que quisesse com o resto”, contou

Fran tem retinite pigmentosa, doença degenerativa do olho que provoca deficiência visual grave e que pode levar à cegueira. Ela começou a perder a visão quando era adolescente e agora tem apenas de 3% a 5% da função, mas afirma que sempre teve paixão pela arte corporal. “Greg e Ron (seu marido) têm sido como meus olhos, descrevendo para mim como está ficando”, explicou.

As partes mais dolorosas para serem tatuadas, segundo ela, foram joelhos, tornozelos e axilas. Além de alguns retoques, Fran garante que não vai mais fazer tatuagens. “Fran é uma exibicionista, ela adora dar às pessoas o fator de choque. Sempre a apoio em tudo o que ela quer fazer. Eu sei que as tatuagens são muito viciantes”, disse o marido, que também é tatuado. Fran espera fazer parte do livro de recordes, o Guinness, como a mulher mais coberta por tatuagens do País de Gales.

Jornal Midiamax