Geral

MS destina 2,6 mil toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas em 2013

Em 2013, o Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas), formado por agricultores, fabricantes – estes representados pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV) -, canais de distribuição e com apoio do poder público, encaminhou para o destino ambientalmente correto 2.646 toneladas de embalagens vazias de agrotóxic...

Arquivo Publicado em 29/01/2014, às 09h48

None

Em 2013, o Sistema Campo Limpo (logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas), formado por agricultores, fabricantes – estes representados pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV) -, canais de distribuição e com apoio do poder público, encaminhou para o destino ambientalmente correto 2.646 toneladas de embalagens vazias de agrotóxicos no Mato Grosso do Sul. A quantidade é 8% maior, se comparado ao mesmo período de 2012.


Segundo com Hamilton Rondon, coordenador regional de Operações do instituto na região, ano a ano, o Sistema apresenta resultados cada vez mais positivos. O coordenador ainda destaca que os agricultores do estado têm importante papel e contribuem fortemente com o cumprimento de suas responsabilidades.


De acordo com o estudo do inpEV, em 2013, foram retiradas do meio ambiente mais de 40 mil toneladas do material em todo o país. O resultado ultrapassa o total destinado no ano anterior. Desde o início de suas atividades, em 2002, o Sistema Campo Limpo já destinou mais de 280 mil toneladas de embalagens.

Jornal Midiamax