Geral

MPT afirma precisar de atuação conjunta com MPE para resolver questão do ‘cartel dos alvarás’

O procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT), Leontino Ferreira de Lima Jr., por meio da assessoria de imprensa do órgão, informou que é necessário que o Ministério Público Estadual (MPE) atue em conjunto com o MPT para finalizar as investigações sobre a denúncia de ‘cartel de alvarás’ para os táxis de Campo Grande. Conforme […]

Arquivo Publicado em 05/02/2014, às 18h33

None

O procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT), Leontino Ferreira de Lima Jr., por meio da assessoria de imprensa do órgão, informou que é necessário que o Ministério Público Estadual (MPE) atue em conjunto com o MPT para finalizar as investigações sobre a denúncia de ‘cartel de alvarás’ para os táxis de Campo Grande.

Conforme a assessoria, toda a documentação da denúncia feita em 14 de maio do ano passado, pelo presidente da Associação dos Taxistas Auxiliares de Campo Grande (Assotáxi), José Carlos Áquila, 52 anos, e as investigações feitas pelo MPT já foram encaminhadas ao MPE. Agora eles aguardam um posicionamento do órgão estadual para marcar uma reunião.

A assessoria informou que não há uma data prevista para a reunião e nem se essa será aberta.

Jornal Midiamax