Geral

Motociclistas e veículos em más condições estão na mira da Operação da PRF

Com um aumento de 20% no efetivo, as equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) iniciaram a Operação Semana Santa Tiradentes nos seis mil quilômetros de estradas federais que cortam Mato Grosso do Sul. A ação tem como foco principal abordar motociclistas e veículos que estão em más condições de conservação que utilizam as rodovias.  De […]

Arquivo Publicado em 17/04/2014, às 13h15

None

Com um aumento de 20% no efetivo, as equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) iniciaram a Operação Semana Santa Tiradentes nos seis mil quilômetros de estradas federais que cortam Mato Grosso do Sul. A ação tem como foco principal abordar motociclistas e veículos que estão em más condições de conservação que utilizam as rodovias. 

De acordo com a assessoria da corporação, a intenção é orientar os motociclistas para que tenham mais atenção nas estradas, já que eles aparecem nas estatísticas como mais frequência se envolvendo em acidentes graves e fatais. 
Já os veículos que não tem boa conservação são responsáveis por muitos dos acidentes, seja por falta de manutenção ou mesmo problemas inesperados. 
Além disso, os rodoviários fazem um alerta a respeito dos radares instalados ao longo do percurso. São 15 fixos que estão em operação, além dos móveis, que têm capacidade de detectar a velocidade dos veículos com até dois quilômetros de distância.
A intenção é combater o excesso de velocidade e ultrapassagens sendo feitas em locais irregulares. 
Nos postos da PRF, móveis e fixos, os policiais também farão o trabalho preventivo de deter os motoristas embriagados e submeter os condutores aos exames com o etilômetro. 
O caminhoneiro Aguinaldo Conceição de Oliveira, de 33 anos, foi um dos motoristas abordados durante a operação na manhã de hoje. “É muito bom este trabalho que eles fazem nas estradas, hoje não estou de serviço e por isso estou dirigindo uma Biz, mas quando estive conduzindo um caminhão, já me envolvi por duas vezes com acidente com motociclistas. O que acontece é que a moto, é um tipo de veículo muito leve e é necessário que o motociclista redobre os cuidados em atravessar, ultrapassagens e a velocidade em que trafegam pelas estradas”, fala.
Jornal Midiamax