Malik Bendjelloul, que em 2013 ganhou o Oscar de Melhor Documentário com Searching For Sugar Ma n, filme sobre o músico Sixto Rodriguez, foi encontrado morto em Estocolmo, Suécia, ontem ao fim da tarde.

O realizador tinha apenas 36 anos e, embora não tenham revelado as circunstâncias da sua morte, as autoridades não suspeitam que a mesma tenha resultado de um crime.

Searching For Sugar Man trouxe notoriedade não só a Malik Bendjelloul como ao próprio Sixto Rodriguez, músico de culto dos anos 70 que, na sequência do filme, se viu requisitado para vários concertos. O norte-americano de origem mexicana chegou a estar confirmado para o Optimus Primavera Sound, no Porto, mas viria a cancelar o espetáculo.

Nascido em Ystad, no sul da Suécia, Malik Bendjelloul trabalhou como jornalista e realizou documentários sobre Björk, os Kraftwerk e Elton John.

“À semelhança de Rodriguez, era uma pessoa genuína que percorria o mundo em busca de histórias para contar”, disse a Sony Pictures, distribuidora do filme, em comunicado. “Nunca procurou a fama ou os prêmios”.

O realizador deixa um irmão e os pais.