Geral

Morre em São Paulo arquiteto que projetou cidade de Mato Grosso do Sul

O arquiteto e urbanista Jorgem Wilheim morreu na madrugada desta sexta-feira (14) em São Paulo. Wilheim estava internado desde dezembro do ano passado no Hospital Albert Einstein após se envolver em um acidente de carro. O corpo foi velado no Hospital Albert Einstein, uma das obras projetadas pro Wilheim e o enterro aconteceu às 14h45 […]

Arquivo Publicado em 14/02/2014, às 20h48

None

O arquiteto e urbanista Jorgem Wilheim morreu na madrugada desta sexta-feira (14) em São Paulo. Wilheim estava internado desde dezembro do ano passado no Hospital Albert Einstein após se envolver em um acidente de carro.

O corpo foi velado no Hospital Albert Einstein, uma das obras projetadas pro Wilheim e o enterro aconteceu às 14h45 no Cemitério Israelita no Butantã.

Em São Paulo, Wilheim deixou como legado o novo Vale do Anhangabaú, o Parque Anhembi e o PátIo do Colégio, revitalizado em 1975. Além disso, ele projetou importantes espaços na cidade, como a sede do Clube Hebraica, o centro de diagnósticos do Hospital Albert Einstein e o prédio do Jockey Clube São Paulo, além da Galeria Ouro Fino, na rua Augusta.

Jorge Wilheim era considerado um dos arquitetos mais importantes do Brasil e foi responsável pelo plano urbanístico do município de Angélica (MS).

Vida Política

Jorge Wilheim ainda atuou na área política, como secretário estadual de Economia e Planejamento em São Paulo, entre os anos de 1975 e 1979, secretário municipal de Planejamento da capital paulista (1983-1986/2001-2014), secretário Estadual do Meio Ambiente (1987-1991), e presidente da Empresa Metropolitana de Planejamento de Grande São Paulo (1991-1994).

Jornal Midiamax