Geral

Morador que levou choque ao religar ‘gato’ se recupera na enfermaria da Santa Casa

O pedreiro o Nilton César do Nascimento Jarson, de 38 anos, que levou um choque ao tentar religar uma ligação de energia clandestina na Favela Portelinha, na madrugada desta sexta-feira (12), já foi transferido para a enfermaria da Santa Casa de Campo Grande. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, Nilton está com […]

Arquivo Publicado em 15/09/2014, às 17h32

None

O pedreiro o Nilton César do Nascimento Jarson, de 38 anos, que levou um choque ao tentar religar uma ligação de energia clandestina na Favela Portelinha, na madrugada desta sexta-feira (12), já foi transferido para a enfermaria da Santa Casa de Campo Grande.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, Nilton está com queimaduras graves, mas o quadro de saúde é estável e o pedreiro está consciente. No momento ele se recupera na enfermaria do hospital sobre cuidados médicos.

O acidente aconteceu após o corte de energia de “gatos” na quinta-feira (11) na favela localizada no final da Avenida Ernesto Geisel, região norte da cidade. Ele sofreu vários ferimentos nos membros superiores ao receber a descarga elétrica e foi socorrido por familiares.

Protesto

Cerca de 200 moradores fizeram um protesto e fecharam a Avenida Norte Sul, próximo da Rua Pintassilgo, contra o corte de energia de “gatos” que alimentavam os barracos do local.

Os populares fecharam a rua com pneus, caixas e bicicletas. Eles disseram que ficaram sem energia das 9 às 17 horas da quarta-feira (10). Na quinta-feira (11), funcionários da concessionária foram novamente à favela e teriam dito que o corte seria definitivo.



Jornal Midiamax