Geral

‘Minotauro deveria se aposentar’, afirma Dana White

Aos 37 anos de idade, 15 deles dedicado à prática profissional do MMA, Rodrigo Minotauro é um dos maiores expoentes na história do esporte. No entanto, o brasileiro, único peso pesado a conquistar cinturões no PRIDE e no UFC, tem um histórico irregular nos últimos anos, em que sistematicamente alternou vitórias e derrotas no octógono […]

Arquivo Publicado em 17/04/2014, às 13h31

None
1969182191.jpg

Aos 37 anos de idade, 15 deles dedicado à prática profissional do MMA, Rodrigo Minotauro é um dos maiores expoentes na história do esporte. No entanto, o brasileiro, único peso pesado a conquistar cinturões no PRIDE e no UFC, tem um histórico irregular nos últimos anos, em que sistematicamente alternou vitórias e derrotas no octógono até sofrer seu segundo revés consecutivo pela primeira vez na carreira após ser nocauteado por Roy Nelson. A forma como foi derrotado por Nelson e as declarações de que planejava uma nova revanche contra Frank Mir foram a gota d’água para que o presidente do Ultimate Dana White se manifestasse pedindo para que o brasileiro pendure as luvas.


“Com todo respeito ao Minotauro, eu não queria dizer nada até ele se manifestar publicamente. Aí ele foi lá e disse que quer enfrentar o Frank Mir. Eu não quero ver o Minotauro lutar nunca mais. Ele deveria se aposentar”, disse o dirigente em conversa com a imprensa após o TUF Nations Finale, no Canadá, na noite desta quarta-feira (16). “Ele é um cavalo de guerra. O cara esteve em batalhas no PRIDE. Ele é um dos lutadores mais respeitados no mundo pelos outros atletas e pelos fãs. E eu gosto muito dele também, então eu quis dar a ele a oportunidade de dizer algo primeiro. Agora eu vou dizer: Minotauro, eu te adoro, mas eu adoraria que você nunca mais lutasse”, completou.


Rodrigo “Minotauro” Nogueira tem um cartel de 34 vitórias, nove derrotas, um empate e uma luta sem resultado. Atualmente, o brasileiro ocupa a 13ª posição no ranking oficial de pesos pesados do Ultimate, tendo perdido duas posições com a derrota para Roy Nelson no UFC Abu Dhabi. Em 2008, em sua terceira luta como atleta do Ultimate, Minotauro finalizou Tim Sylvia e conquistou o título interino dos pesados. Na luta seguinte, porém, acabou nocauteado pela primeira vez em sua carreira e perdeu o cinturão para Frank Mir. Nogueira e Mir viriam a se encontrar novamente no octógono, três anos depois, com nova vitória do norte-americano, desta vez por finalização. Em sua luta seguinte, no UFC Rio 4, em outubro de 2013, Minotauro conquistou sua última vitória, ao finalizar Dave Herman com uma chave de braço.

Jornal Midiamax