Geral

Ministério Público investiga falta de licitação para recapeamento da Avenida das Bandeiras

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPE-MS) quer saber se o prefeito de Campo Grande Alcides Bernal deixou de fazer licitação para compra de materiais para o recapeamento da Avenida das Bandeiras, segundo Diário do MPE desta quinta-feira (27). O procedimento preparatório foi convertido em inquérito civil, o que acontece quando […]

Arquivo Publicado em 27/02/2014, às 13h05

None

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPE-MS) quer saber se o prefeito de Campo Grande Alcides Bernal deixou de fazer licitação para compra de materiais para o recapeamento da Avenida das Bandeiras, segundo Diário do MPE desta quinta-feira (27).

O procedimento preparatório foi convertido em inquérito civil, o que acontece quando o promotor tem fortes indícios sobre alguma irregularidade. A investigação acontecerá para apuração de eventual ausência de licitação de materiais para serviços de recapeamento na Avenida das Bandeiras.

O inquérito foi instaurado pela 30ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social e será conduzido pelo promotor Alexandre Pinto Capiberibe Saldanha.

A obra na avenida foi anunciada no dia 18 de fevereiro de 2013 pelo prefeito Alcides Bernal e teve início em março. Foram recapeados 2,6 quilômetros, ao custo de R$ 2,5 milhões, segundo divulgou a prefeitura na época.

Jornal Midiamax