Geral

Mike Tyson admite vício em drogas e álcool e fala em mudar a vida em 2014

Mike Tyson fez um desabafo em artigo publicado no jornal norte-americano New York Times. O ex-boxeador admitiu seu vício em drogas e álcool, e disse estar determinado para passar 2014 sóbrio e mudar sua vida. No texto, Tyson lembra de seu início de carreira como boxeador e também do seu primeiro treinador, Cus D’Amato, que […]

Arquivo Publicado em 05/01/2014, às 17h00

None

Mike Tyson fez um desabafo em artigo publicado no jornal norte-americano New York Times. O ex-boxeador admitiu seu vício em drogas e álcool, e disse estar determinado para passar 2014 sóbrio e mudar sua vida.

No texto, Tyson lembra de seu início de carreira como boxeador e também do seu primeiro treinador, Cus D’Amato, que era responsável por mantê-lo longe das drogas, do álcool e focado em seus treinos.

“Cus morreu um ano antes que eu ganhasse meu primeiro cinturão, em 1986. Quando ele se foi, eu tive um incentivo a menos para me manter disciplinado, e comecei a beber intensamente e a usar drogas”, escreveu o ex-boxeador.

Tyson também fala sobre sua aposentadoria dos ringues em 2005, e admite que a partir daquele momento seu vício em drogas e álcool aumentou e que ele tem lutado para se manter sóbrio desde então.

No fim do artigo, Tyson projeta um 2014 glorioso, onde “nossas resoluções bem intencionadas se tornarão realidades”.

Jornal Midiamax