Geral

Messi comanda virada do Barça contra o Sevilla e embola de vez o Espanhol

Mais do que nunca, a disputa do Campeonato Espanhol está aberta. O Barcelona venceu o Sevilla por 4 a 1 neste domingo e igualou Atlético de Madrid e Real Madrid. Fora de casa e ainda sem Neymar, o time demorou a se encontrar em um campo molhado e pesado, saiu perdendo, mas Sánchez e Messi […]

Arquivo Publicado em 09/02/2014, às 21h53

None

Mais do que nunca, a disputa do Campeonato Espanhol está aberta. O Barcelona venceu o Sevilla por 4 a 1 neste domingo e igualou Atlético de Madrid e Real Madrid. Fora de casa e ainda sem Neymar, o time demorou a se encontrar em um campo molhado e pesado, saiu perdendo, mas Sánchez e Messi comandaram a virada no Ramon Sánchez Pizjuan.

Com este resultado, o Barcelona empata com Atlético de Madrid e Real Madrid. Todos com 57 pontos. Os cataçães Na próxima rodada, o Barcelona pega o Rayo Vallecano em casa, enquanto o Sevilla pega o Valencia, também em seus domínios.

O JOGO

O Barcelona não começou bem a partida. Estava apático e não criava praticamente nada no gramado muito molhado e pesado do Ramón Sánchez Pizjuán. Mesmo com Xavi, Iniesta, Messi, Pedro e Sánchez em campo, o Sevilla que começou melhor. Bacca, Gameiro, Rakitic e Iborra infernizaram com boas chances.

E ainda aos 13 minutos, o Sevilla tornou a área do Barcelona em seu “parque de diversões”. Tocou a bola como quis, Rakitic deu um drible entre as pernas de Piqué, Vitolo ajeitou bonito, com um toque suave para Alberto Moreno, que chutou forte. A bola ainda desviou duas vezes antes de entrar. Pouco depois, Bacca ainda cabeceou na trave. Parecia que a vitória ficaria na Andaluzia.

Depois do gol, o Barcelona foi acordando aos poucos, apesar de ainda tomar alguns sustos. Mas saiu o empate e a virada. No primeiro, Messi cobrou falta da intermediária, e em posição irregular, Sánchez completou. Já no fim do primeiro tempo, Pedro puxou contra-ataque, achou o argentino na entrada da área, que recebeu, ajeitou e chutou. Golaço.

SEGUNDO TEMPO

A etapa final começou muito quente, com boas chances para os dois lados. Pelo Sevilla, Vitolo perdeu o primeiro, e depois Gameiro. Fatal para os andaluzes. Rapidinho apareceu Messi. Em jogada de ataque, Iniesta tocou para a direita, o argentino, centralizado, interceptou a bola, colocou para a frente e chutou colocado. Sem chances para Beto.

Daí para o fim,o Sevilla foi em busca do empate, teve chances para isso, e o Barcelona procurou o quarto, sem tantas oportunidades. A melhor foi com Cheryshev, que recebeu a bola na área, mas chutou. O Barça ainda teve um lance com Adriano, que chutou para fora após lindo passe de Messi. Quando parecia que nada mais iria acontecer, veio um golaço. Sánchez comandou pela direita, levantou a cabeça, viu Fàbregas no meio da área, que recebeu e deu um toque de cobertura.

Jornal Midiamax