Geral

Mario Cesar confirma que procurador da Câmara era aluno de curso preparatório da Sefaz

O presidente da Câmara Municipal, o vereador Mario Cesar (PMDB), confirmou nesta segunda-feira (9) que o procurador jurídico da Casa de Leis, André Luiz Pereira da Silva, estudava no curso preparatório para concursos. Mario Cesar disse que soube pelo Midiamax da denúncia de que o procurador teria mostrado questão da prova para fiscal de renda […]

Arquivo Publicado em 09/06/2014, às 19h36

None
113624932.jpg

O presidente da Câmara Municipal, o vereador Mario Cesar (PMDB), confirmou nesta segunda-feira (9) que o procurador jurídico da Casa de Leis, André Luiz Pereira da Silva, estudava no curso preparatório para concursos. Mario Cesar disse que soube pelo Midiamax da denúncia de que o procurador teria mostrado questão da prova para fiscal de renda da Secretaria de Fazenda para um dos professores do curso. Segundo o vereador, André Luiz afirmou que a informação não procede.

“Conversei com ele a pouco, e ele me disse que não procede ao que se fala”, disse o presidente da Câmara. De acordo com Mario Cesar, a Casa de Leis não deve tomar nenhuma medida sobre o servidor que foi nomeado no início de 2013. “A Câmara não deve fazer nada a respeito, por enquanto, mas ele vai tomar as providências dele”, informou o presidente.

Questionado se a Câmara irá se posicionar se for comprovada a participação de André Luiz na fraude, o vereador se limitou a responder “Vamos fazer uma coisa de cada vez. Não posso fazer um pré-julgamento”, disse Mario Cesar.

Ontem, o professor Deodato Neto procurou a Polícia Civil para denunciar o aluno André Luiz Pereira da Silva que teria mostrado a questão da prova um dia antes da realização do concurso. A denúncia foi registrada em boletim de ocorrência e o professor gravou um vídeo com a resposta da questão.

O procurador jurídico da Câmara é irmão de Ana Cristina Pereira da Silva, ex-mulher do secretário adjunto da Secretaria da Fazenda de Mato Grosso do Sul, André Luiz Cance.

Jornal Midiamax