Geral

Maitê Proença “corneta” Claudia Leitte por competir com Jennifer Lopez

A Copa do Mundo começou nesta quinta-feira com o triunfo do Brasil sobre a Croácia por 3 a 1. Apesar da vitória nem tudo foi bem para os Extra Ordinários. Os integrantes do programa criticaram duramente a cerimônia de abertura organizada pela Fifa. Maitê Proença desaprovou a atuação de Claudia Leitte durante a performance com […]

Arquivo Publicado em 13/06/2014, às 11h51

None

A Copa do Mundo começou nesta quinta-feira com o triunfo do Brasil sobre a Croácia por 3 a 1. Apesar da vitória nem tudo foi bem para os Extra Ordinários. Os integrantes do programa criticaram duramente a cerimônia de abertura organizada pela Fifa. Maitê Proença desaprovou a atuação de Claudia Leitte durante a performance com Jennifer Lopez e Pitbull (assista ao vídeo).


“Eu achei aquilo horrível, de quinta. A mulher (Jennifer) está lá, fazendo o melhor dela, já não saiu da pizza dela que não levantou, aí vem a outra (Claudia Leitte), no último momento, e abaixa até o chão tipo assim: “Quero ver agora se você faz isso”. Ela (Jennifer) ficou olhando assim e falando: “Sua canalha! Como é que você faz isso?”disparou a atriz.


Além de criticar a cantora, Maitê não gostou da festa como um todo. Para atriz, o evento deveria ter sido organizado pelo Brasil, que tem conhecimento de como fazer belos festivais, e não pela Fifa.


“Aqui tem Parintins, tem carnaval, a gente sabe fazer esse negócio direito, e eles me apresentam aquela coisa amorfa, chinfrim e de dar vergonha. Num país que tem Paulo Barros e Rosa Magalhães, colocar uma mulher belga para fazer… Ela tem um olhar exótico sobre o Brasil, acha tudo aquilo muito bonito. Foi um negócio amorfo. Eu fiquei olhando e esperando um momento apoteótico, uma coisa incrível e não aconteceu.”


Já o jornalista Xico Sá questionou a Fifa, uma vez que a entidade máxima do futebol costuma obrigar os países-sedes da Copa a seguir uma série de padrões.


“Como é que a Fifa passa a vida inteira exigindo do Brasil um grande espetáculo e faz essa desgraça comandada por dois belgas?”


O escritor Eduardo Bueno preferiu evitar comparações com a abertura das Olimpíadas, que costumam ser um evento à parte aos esportes. A cerimônia que inicia os Jogos é organizada e realizada pela cidade que vai receber o evento, e não é responsabilidade do COI (Comitê Olímpico Internacional).


“A abertura de Copa não é que nem abertura de Olimpíada. Abertura de Olimpíada é maravilhosa, e abertura de Copa, geralmente, tem esse padrão Fifa aí. E foi de dia, não tem um jogo de luz!” completou Peninha.

Jornal Midiamax