Geral

Mais de uma tonelada de carne imprópria para consumo é apreendida em MS

Mais de uma tonelada de carne, além de produtos como leite e queijos, foram apreendidos durante barreiras policiais e em comércios na cidades de Terenos, Jaraguari, São Gabriel do Oeste e Sidrolândia. A apreensão foi feita entre os dias 24 e 28 de fevereiro pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes contra as Relações de […]

Arquivo Publicado em 06/03/2014, às 19h50

None
841811387.jpg

Mais de uma tonelada de carne, além de produtos como leite e queijos, foram apreendidos durante barreiras policiais e em comércios na cidades de Terenos, Jaraguari, São Gabriel do Oeste e Sidrolândia.

A apreensão foi feita entre os dias 24 e 28 de fevereiro pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes contra as Relações de Consumo (Decon), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro).

Ao todo foram apreendidos 1, 285 mil quilos de carne e outros produtos de origem animal impróprios para o consumo humano, 9 frangos inteiros, 58 litros de leite “in natura”, 29,3 quilos de mel sem registro de inspeção sanitária e 343 peças de queijos sem informações de origem e que estavam sendo transportadas de forma irregular, totalizando assim mais de 1,5 toneladas de produtos, provenientes de abates clandestinos ou armazenados de forma irregular, sem condições higiênico-sanitárias adequadas.

O açougue de um supermercado na cidade de São Gabriel do Oeste, onde era fabricada e vendida linguiça de forma irregular e clandestina. Os donos dos estabelecimentos comerciais flagrados foram multados e autuados pelas Vigilâncias Sanitárias de cada município e pela Iagro.

Todos responderão a inquérito policial, por crime contra as relações de consumo, com pena que varia de dois a cinco anos de prisão.O consumo de produtos considerados impróprios ao consumo humano, pode causar doenças, transtornos gástricos e até mesmo levar à morte.

Jornal Midiamax