Geral

Mais de 300 pessoas querem participar de grafitagem em escola estadual neste fim de semana

Mais de 300 pessoas confirmaram presença no evento aberto no facebook para participar da grafitagem que vai rolar no muro externo da Escola Estadual Maria Constança de Barros Machado. Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, a escola já foi alvo diversas vezes de pichações. E para evitar que os muros da escola fiquem sujos surgiu a […]

Arquivo Publicado em 20/02/2014, às 20h52

None
1342485981.jpg

Mais de 300 pessoas confirmaram presença no evento aberto no facebook para participar da grafitagem que vai rolar no muro externo da Escola Estadual Maria Constança de Barros Machado.

Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, a escola já foi alvo diversas vezes de pichações. E para evitar que os muros da escola fiquem sujos surgiu a ideia de grafitá-los. “Vamos colocar arte aqui”, revela Tatá Marques, um dos idealizadores do projeto.

O diretor da escola Anderson Soares Muniz, 38 anos, conta que já perdeu as contas de quantas vezes foi preciso pintar o muro para tirar as pichações. Por isso a ideia foi tão bem acolhida, já que o grafite fala a linguagem dos jovens.

Apesar de saber disso, o professor se mostra surpreso com a adesão de tanta gente da comunidade no projeto. “Não imaginava que tantas pessoas quisessem participar”, revela.

Na escola, os alunos foram selecionados em uma espécie de concurso. Os interessados, cerca de 80, fizeram um desenho de uma obra de Niemeyer, ou uma caricatura dele. Os melhores traços foram escolhidos para participar de uma oficina que está ensinando a arte do grafite, explica a estudante, de 15 anos, Nahia Dornas Lima, 15 anos, uma das selecionadas.

A colega de sala, Isabella Espindola Lopes, de 15 anos, também está entre os escolhidos. Ela conta que fez uma caricatura de Niemeyer e estava segura da seleção. “Sabia que o desenho era bom”, diz com timidez.

Já Jessica de Souza de Paula, 16 anos, escolheu a Igreja de Pampulha para desenhar. Ela conta ter escolhido esta obra por ter traços muito técnicos e queria ter o desafio de desenhar algo grandioso. “Foi um estímulo desenhar uma obra dele. Gosto das cores, dos traços, de tudo”, explana.

Apesar de todos estarem ansiosos para o início da grafitagem, eles não esperavam que fosse tão difícil. Nahia conta que imaginava ser mais fácil. “Nossa é muito difícil”, conta depois de assistir as orientações de Marilena Grolli.

Grolli, que é grafiteira, está fazendo oficina com os selecionados. A primeira parte dos ensinamentos foi dada na tarde de hoje. Amanhã mais informações serão passadas aos alunos para fazerem bonito no fim de semana.

Hoje Grolli explicou a arte do grafite, sua origem, e inicio dos primeiros traços. Amaná ela finaliza os ensinamentos da técnica que deixará o muro da escola com novo colorido.

A grafitagem vai ocorrer neste sábado (22) e domingo (23). O projeto Grafite Legal contará com obras de artistas reconhecidos e alunos do colégio. Haverá ainda de apresentação de Hip Hop e campeonato de skate.

O ponto de encontro será na Orla Morena, em frente à pista de skate. Serão utilizados 46 espaços distribuídos por ordem de chegada. É necessário que cada artista leve um esboço para pré-seleção.

A escola vai disponibilizar os banheiros e água, mas a organização recomenda que os participantes também tragam água ou tereré.

Jornal Midiamax