Geral

Mais de 1,5 mil trabalhadores da Fibria fazem mobilização por reajuste em Três Lagoas

Mais de 1,5 mil trabalhadores da Fibria e International Paper fazem uma mobilização nesta segunda-feira (15) por melhorias no reajuste salarial. Segundo o presidente do Sititrel (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose de Três Lagoas) Almir Mourão, as indústrias não concordam com o índice pedido. “Nosso índice de participação está em 6,33% […]

Arquivo Publicado em 15/09/2014, às 11h27

None

Mais de 1,5 mil trabalhadores da Fibria e International Paper fazem uma mobilização nesta segunda-feira (15) por melhorias no reajuste salarial. Segundo o presidente do Sititrel (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose de Três Lagoas) Almir Mourão, as indústrias não concordam com o índice pedido.


“Nosso índice de participação está em 6,33% e pedimos 10,33%, mas as empresas querem dar reajuste de 7%, ou seja, 0,63% apenas de ganho real. É muito pouco”, reclamou.


A paralisação acontece somente das 7h até o momento em que os manifestantes conseguirem levar a resposta aos diretores da empresa. “Estamos aqui apenas para dizer que não vamos aceitar este reajuste do jeito que está. Assim que acabar a manifestação voltamos aos postos de trabalho”, explicou o presidente do sindicato.

Jornal Midiamax