Geral

Maior arranha-céu de Londres é esvaziado por incêndio

The Shard, o maior arranha-céu de Londres e da União Europeia, de 310 metros, foi evacuado nesta quinta-feira por um incêndio, informou a polícia. “A polícia foi avisada às 11h09 (7h09 de Brasília). Acredita-se que o fogo esteja no subsolo”, disse a polícia em um comunicado. Os policiais também informaram que uma fumaça foi vista […]

Arquivo Publicado em 05/06/2014, às 13h52

None
1834843388.jpg

The Shard, o maior arranha-céu de Londres e da União Europeia, de 310 metros, foi evacuado nesta quinta-feira por um incêndio, informou a polícia.


“A polícia foi avisada às 11h09 (7h09 de Brasília). Acredita-se que o fogo esteja no subsolo”, disse a polícia em um comunicado.


Os policiais também informaram que uma fumaça foi vista no andar subsolo do prédio de 87 andares e que, para evitar problemas maiores, 900 pessoas foram evacuadas do prédio.


“A evacuação completa do edifício está sendo realizada com calma. Todos foram treinados a lidar com situações assim”, informou o comunicado, ressaltando que não há informações sobre feridos e que ninguém foi detido.


Após o alarme, sete unidades de bombeiros foram até o local.


O edifício abriga escritórios, imóveis de luxo, um hotel cinco estrelas, restaurantes e um espetacular mirante de onde se pode admirar a capital. Ele é um dos edifícios mais reconhecidos da cidade e foi desenhado pelo arquiteto italiano Renzo Piano e inaugurado há dois anos.


O Shard é propriedade do Estado do Catar e do grupo imobiliário Carimbar Property Group.

Jornal Midiamax