Geral

Luciano Huck lança camisa contra racismo e cria polêmica na internet

Por meio de sua grife “Use Huck”, o apresentador Luciano Huck lançou camisetas contra o racismo. Com o slogan “#somostodosmacacos” da campanha instaurada após o racismo contra o lateral do Barcelona Daniel Alves no último domingo – o jogador comeu, de forma irônica, uma banana atirada por um torcedor -, a empresa do global acabou […]

Arquivo Publicado em 28/04/2014, às 21h27

None
610950002.jpg

Por meio de sua grife “Use Huck”, o apresentador Luciano Huck lançou camisetas contra o racismo. Com o slogan “#somostodosmacacos” da campanha instaurada após o racismo contra o lateral do Barcelona Daniel Alves no último domingo – o jogador comeu, de forma irônica, uma banana atirada por um torcedor -, a empresa do global acabou por criar uma polêmica na internet.

A página da grife no Facebook divulgou o modelo da camiseta, vendida a R$ 69 no site da loja, mas sofreu uma reação contrária dos consumidores. A maioria dos internautas comentaram na foto com ironias à atitude da empresa comandada pelo apresentador.

“Concordo! Mas daí a faturar em cima? Belo exemplo”, ironizou o internauta Emerson Luiz. Outros seguiram a opinião de Braga: “acho que uma convocação para uma passeata democrata com o casal global e vários outros famosos seria mais conveniente do que tirar benefício para si próprio vendendo camisas”, afirmou Luciana Leite.

Apesar da reação contrária, alguns fãs do apresentador saíram em defesa da atitude da empresa. “Adorei, uma ótima ideia, lindas camisetas”, escreveu Zilda Carvalho.

Modelos brancos também geram críticas

Outro fator criticado por internautas foi a ausência de modelos negros nas fotos de divulgação das camisetas. Nas imagens com a estampa contra o racismo divulgadas pelo site, há dois modelos, um masculino e outro feminino. Ambos, contudo, são brancos.

“Grande campanha de combate ao racismo de um site que não tem modelos negras ou negros”, ironizou Henrique Kopittke. “No site só tem modelos brancos, está bem bonita essa diversidade mesmo”, criticou André Braga.

O Terra entrou em contato com a grife, mas ainda não obteve resposta sobre as críticas recebidas pelo Facebook.

Jornal Midiamax