Geral

Lei em MS ‘imita’ SP e cria Virada Cultural Pantaneira para outubro do ano que vem

O próximo governador de Mato Grosso do Sul já tem uma festa para organizar em 2015: a Virada Cultural Pantaneira. A lei que institui o evento está publicada na edição desta quarta-feira (6) do Diário Oficial do Estado. A Virada Cultural Pantaneira deverá durar, no mínimo, 24 horas ininterruptas, a exemplo do que é feito […]

Arquivo Publicado em 06/08/2014, às 13h16

None

O próximo governador de Mato Grosso do Sul já tem uma festa para organizar em 2015: a Virada Cultural Pantaneira. A lei que institui o evento está publicada na edição desta quarta-feira (6) do Diário Oficial do Estado.

A Virada Cultural Pantaneira deverá durar, no mínimo, 24 horas ininterruptas, a exemplo do que é feito há dez anos em São Paulo (SP). Na capital paulista, a ideia é “refletir o espírito tipicamente paulistano de uma cidade que nunca para”, conforme a própria mensagem institucional sobre o evento.

Em Mato Grosso do Sul, a lei da Virada Cultural Pantaneira determina que artistas regionais representem “mais de 50%” da programação do evento. “O evento deve ser promovido, a critério do Poder Executivo, em um dos fins de semana do mês de outubro, simultaneamente, em pelo menos uma cidade de cada microrregião”, prevê a norma.

A lei 4.560 já entrou em vigor, “produzindo seus efeitos a partir de 1º de janeiro do ano seguinte”. O projeto foi apresentado há quase um ano pelo deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB).

Jornal Midiamax