Geral

Lais Souza será transferida nesta quarta para Miami

A atleta Lais Souza será transferida nesta quarta para o Hospital da Universidade de Miami, onde dará continuidade ao processo de recuperação da grave lesão sofrida na coluna cervical. A informação é da assessoria de imprensa do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Segundo a nota divulgada pela assessoria do COB, a decisão de transferir Lais de […]

Arquivo Publicado em 05/02/2014, às 14h56

None

A atleta Lais Souza será transferida nesta quarta para o Hospital da Universidade de Miami, onde dará continuidade ao processo de recuperação da grave lesão sofrida na coluna cervical. A informação é da assessoria de imprensa do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Segundo a nota divulgada pela assessoria do COB, a decisão de transferir Lais de Salt Lake City para Miami foi tomada pela equipe médica que acompanha a atleta desde o pós-operatório, formada por profisisonais brasileiros e norte-americanos.

“O Hospital da Universidade de Miami possui vasta experiência no tratamento de lesões na coluna cervical e estamos certos de que esse trabalho ajudará muito para a recuperação da Lais”, explicou o médico do Time Brasil, Dr. Antonio Marttos Jr, que evitou dar prognósticos mais detalhados.

“O quadro dela permanece grave, porém estável, e ainda é cedo para definir um diagnóstico de seu futuro. O importante é que ela continuará recebendo toda a atenção e o que há de mais avançado em termos de tratamento para esse tipo de lesão”, complementou o doutor, que trabalha no Hospital em Miami e vem acompanhando o quadro clínico da atleta desde o dia seguinte ao acidente.

A assessoria ainda informou que Lais seguirá para Miami em avião equipado com UTI móvel, acompanhada do Dr. Antonio Marttos Jr. e da fisioterapeuta Denise Lessio. A mãe Odete Vieira da Silva Souza, e a gerente de Planejamento Esportivo do COB, Adriana Behar, seguirão em voo comercial.

Lais estava internada desde o dia 27 de janeiro no Hospital Universitário de Utah, em Salt Lake City, onde sofreu cirurgia de realinhamento da terceira vértebra da coluna, após se acidentar quando esquiava livremente em Park City. Ela participaria dos Jogos Olímpicos de Inverno em Socchi (Rússia), mas teve que abandonar a competição.

Jornal Midiamax