Geral

Ladrões ‘barbeiros’ abandonam vítima depois de bater duas vezes caminhonete roubada

Um comerciante, de 57 anos, foi vítima de assalto na noite de quinta-feira (6), quando estacionava o seu carro em frente do seu estabelecimento comercial, na Avenida Manoel da Costa Lima por volta das 19h30min. A vítima relatou que ao chegar em sua empresa, com a sua caminhonete Hilux placas HTG- 0085, foi abordado por […]

Arquivo Publicado em 07/03/2014, às 11h44

None

Um comerciante, de 57 anos, foi vítima de assalto na noite de quinta-feira (6), quando estacionava o seu carro em frente do seu estabelecimento comercial, na Avenida Manoel da Costa Lima por volta das 19h30min.

A vítima relatou que ao chegar em sua empresa, com a sua caminhonete Hilux placas HTG- 0085, foi abordado por dois homens, no momento em que abria o portão da garagem.

Um deles estava armado com um revólver calibre 38 e mandou que ele se sentasse no banco traseiro. Um dos bandidos assumiu o volante e outro sentou-se ao lado do comerciante sempre apontando o revólver.

Os bandidos seguiram por uma rua paralela à Avenida Bandeirantes, pegaram a Via Morena e na esquina com a Avenida das Bandeiras, sentido Universidade Federal, bateram o carro na traseira de um outro veículo.

Assustados, os ladrões retornaram pela Rua Japão e nas proximidades do Shopping Norte Sul, na tentativa de entrar na Rua Jaceguá bateram novamente desta feita contra uma árvore em um terreno baldio.

Depois desta nova batida os ladrões abandonaram o carro e a vítima e cada um fugiu para um lado, levando um telefone celular e R$ 500 do comerciante.

Em vistoria à Hilux, a polícia encontrou um aparelho celular e a suspeita é que um dos ladrões tenha deixado cair, com esta peça sendo considerada importante para as investigações.

Jornal Midiamax