Geral

Ladrão usava Fox da namorada para assaltar com parceiro em Campo Grande

Dois homens foram presos por realizar ao menos quatro assaltos em Campo Grande. Alguns deles foram praticados com um automóvel Fox da namorada de um dos suspeitos, que não tinha conhecimento dos crimes. O caso foi esclarecido pela Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos).  De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Fabio Peró, […]

Arquivo Publicado em 29/04/2014, às 13h24

None
780367832.jpg

Dois homens foram presos por realizar ao menos quatro assaltos em Campo Grande. Alguns deles foram praticados com um automóvel Fox da namorada de um dos suspeitos, que não tinha conhecimento dos crimes. O caso foi esclarecido pela Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos). 

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Fabio Peró, os suspeitos foram identificados como Astúrio Luiz Braga Neto, de 22 anos, e Rodrigo Gonçalves Rego, de 29 anos. Eles não têm passagens criminais, mas já foram flagrados com porções de drogas. 
A dupla realizou dois assaltos usando o automóvel e mais dois roubos com uma motocicleta, que foi apreendida. As vítimas já reconheceram os suspeitos. “Acredito que com a divulgação do rosto deles, possa aparecer mais vítimas”, ressalta o delegado. 
CRIMES 
Um dos crimes cometidos pelos suspeitos, utilizando o Fox, foi próximo ao cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Rui Barbosa, na área central de Campo Grande. O fato aconteceu no domingo de Páscoa, e as vítimas estavam em um ponto de ônibus. 
Ao passar pelo local e ver duas mulheres à espera do transporte coletivo urbano, eles retornaram e anunciaram o assalto, levando os pertences de ambas. 
Outro crime foi no Bairro Antônio Vendas, onde eles abordaram uma mulher, enquanto passeava com o cachorro. Os criminosos levaram a corrente dela. 
Em rondas pelo bairro, os policiais descobriram uma chácara com aparência de abandonada, onde estavam diversos documentos, o automóvel Fox e uma motocicleta Titan. No local foi detido em flagrante Astúrio. 
Ele contou que o carro é da namorada dele, porém ela está internada em uma clínica de recuperação de dependentes químicos em São Paulo. Além disso, disse que utilizou o Fox para praticar os assaltos, sem o conhecimento dela, mas com o auxílio de Rodrigo, que ao ser preso negou os fatos. 
Por meio dos documentos encontrados no local, a polícia descobriu mais vítimas dos criminosos, porém na ocasião dos assaltos, eles usaram a motocicleta para praticar os delitos.
Além disso, foi apurado que Rodrigo morou e trabalhou por um tempo no Japão, porém as economias feitas por ele, naquele país, foram gastas em entorpecentes.
SERVIÇO 
Denúncias sobre outros crimes podem ser feitas para a Derf anonimamente pelos telefones (67) 3368-6601 ou (67) 3368-6602
Jornal Midiamax