Geral

Kalil apela à bancada mineira do PT contra salários atrasados no Atlético-MG

Atual campeão da Copa Libertadores, o Atlético-MG vem enfrentando problemas para pagar os salários dos jogadores. O fato foi reconhecido pelo próprio presidente Alexandre Kalil, que publicou nota no site do time para falar sobre o tema e pedir ajuda à bancada mineira do Partido dos Trabalhadores (PT) para conseguir verba que solucionaria os problemas […]

Arquivo Publicado em 08/01/2014, às 17h02

None

Atual campeão da Copa Libertadores, o Atlético-MG vem enfrentando problemas para pagar os salários dos jogadores. O fato foi reconhecido pelo próprio presidente Alexandre Kalil, que publicou nota no site do time para falar sobre o tema e pedir ajuda à bancada mineira do Partido dos Trabalhadores (PT) para conseguir verba que solucionaria os problemas atleticanos.

O Atlético-MG aguarda liberação do valor da venda de Bernard ao Shakhtar Donetsk, que gira em torno de R$ 44 milhões. O dinheiro está preso na Fazenda Nacional por conta de tributos que foram descontados, mas não repassados aos cofres públicos, informou a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) em comunicado.

“Desde o final de 2013, estamos apelando à presidenta Dilma Roussef e ao Partido dos Trabalhadores para que nos ajudem a resolver este impasse”, escreveu Kalil. “Estamos trabalhando arduamente, confiando que a bancada mineira do Partido dos Trabalhadores nos ajudará neste momento de dificuldade”, pediu o presidente do Atlético-MG.

Esta não é a primeira vez que o dirigente clama por ajuda de Dilma e do PT para que a verba seja liberada. Em dezembro, ainda antes da disputa do Mundial de Clubes, Kalil pediu “socorro” à presidente do Brasil e ameaçou deixar o clube.

“Como já dissemos, não queremos nenhum privilégio, nem estádios e muito menos patrocínios. O que precisamos é que o trabalho sério e correto que vem sendo desenvolvido, com o cumprimento de todas as obrigações financeiras, inclusive tributos, não seja prejudicado por esta retenção”, publicou o presidente do Atlético-MG.

Jornal Midiamax