Geral

Julgamento de Pistorius por morte de namorada é suspenso até 5 de maio

O julgamento de Oscar Pistorius pela morte da modelo Reeva Steenkamp está longe de ter um fim. A juíza Thokozile Masipa, do Tribunal Superior de Pretória, acatou pedido da acusação e suspendeu as atividades do caso até o dia 5 de maio. Promotor do caso, Gerrie Nel solicitou o recesso para que membros de sua […]

Arquivo Publicado em 16/04/2014, às 12h46

None

O julgamento de Oscar Pistorius pela morte da modelo Reeva Steenkamp está longe de ter um fim. A juíza Thokozile Masipa, do Tribunal Superior de Pretória, acatou pedido da acusação e suspendeu as atividades do caso até o dia 5 de maio.


Promotor do caso, Gerrie Nel solicitou o recesso para que membros de sua equipe possam atuar em outros casos. A suspensão das atividades foram aceitas pela juíza e pela defesa do campeão paraolímpico.


“O julgamento não deveria durar tanto”, disse Masipa, ao explicar que alguns dos auxiliares da promotoria devem participar de outros casos.


O julgamento de Oscar Pistorius começou no dia 3 de março e já dura sete semanas. A expectativa é que o caso seja encerrado apenas no dia 16 de maio.


“Sou consciente de que suspender o caso até 5 de maio não é bom para todo mundo, pois dia 7 é dia de eleições. Estamos pressionados pelo tempo”, afirmou a juíza, que acrescentou que o recesso pouco implicará no prazo final para o veredito, já que ocorre em boa parte nos feriados da Semana Santa.


Oscar Pistorius encerrou seu depoimento no tribunal na última terça-feira. Em sua defesa, o campeão paraolímpico voltou a admitir ter efetuado os disparos que mataram a namorada, mas afirmou ter confundido a modelo com um suposto invasor em sua casa. Caso seja condenado, o atleta pode pegar de 25 anos de detenção até prisão perpétua.

Jornal Midiamax