Geral

Jovem que foi atingido por hélice de avião no interior de MS morre na Santa Casa da Capital

O jovem de 24 anos que teve parte do braço amputado e perdeu o olho direito ao ser atingido pela hélice de uma aeronave morreu nesta sexta-feira (14), na Santa Casa de Campo Grande. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, Mariano Pedro Pereira Filho morreu às 6h30. O acidente aconteceu na quarta-feira […]

Arquivo Publicado em 14/02/2014, às 16h26

None
142827673.jpg

O jovem de 24 anos que teve parte do braço amputado e perdeu o olho direito ao ser atingido pela hélice de uma aeronave morreu nesta sexta-feira (14), na Santa Casa de Campo Grande. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, Mariano Pedro Pereira Filho morreu às 6h30. O acidente aconteceu na quarta-feira (12), em uma fazenda na zona rural de Chapadão do Sul, a 325 quilômetros de Campo Grande.


De acordo com o Corpo de Bombeiros, após o acidente, os militares foram acionados e interceptaram a caminhonete em que o rapaz era transportado para a cidade. Foi realizado o atendimento hospitalar para controlar a hemorragia. O jovem teve fratura na face e perdeu um dos olhos. Pereira Filho foi encaminhado ao hospital da cidade e posteriormente, transferido para a Santa Casa da Capital.


O rapaz retirava o calço da roda da aeronave para o início da decolagem, quando acabou atingido pela hélice. O avião estava preparado para uma aplicação de ureia (nitrogênio) em uma plantação de cana. Pereira Filho é natural de Pernambuco e trabalha em Chapadão do Sul há nove meses.

Jornal Midiamax