Geral

Jovem é encontrado graças a compartilhamento de notícia do Midiamax no Facebook

Willian Simões dos Santos, de 19 anos, conhecido como Negão, que estava desaparecido desde domingo (3), foi encontrado na manhã desta quinta-feira em uma casa de abrigo no Bairro Estrela do Sul. Um assistente social reconheceu o rapaz a partir de um compartilhamento no Facebook e acionou a família. Segundo informações de familiares, o rapaz […]

Arquivo Publicado em 07/08/2014, às 16h08

None
1503311173.jpg

Willian Simões dos Santos, de 19 anos, conhecido como Negão, que estava desaparecido desde domingo (3), foi encontrado na manhã desta quinta-feira em uma casa de abrigo no Bairro Estrela do Sul. Um assistente social reconheceu o rapaz a partir de um compartilhamento no Facebook e acionou a família.

Segundo informações de familiares, o rapaz contou que foi abordado por um pastor enquanto andava pela Praça das Araras, região oeste de Campo Grande. O pastor teria então levado Willian para a Casa de Abrigo São Francisco de Assis.

Agnaldo Verissimo, tio de Willian, conta que o rapaz está muito abalado e não se lembra de muita coisa. “Ainda não conversamos sobre o que aconteceu, ele está bem choroso. Não se lembra de muita coisa, nem do nome do pastor que levou ele pro abrigo,” explica Agnaldo.

Mas a versão contada à família por Willian foi contestada pelo assistente social do abrigo Gilvan S. Magalhães. Segundo ele, o rapaz chegou no abrigo na terça-feira (5) por demanda espontânea. “Quando cheguei no abrigo às 7 horas o rapaz já estava na porta esperando”, conta o assistente social.

Gilvan relatou ainda que o rapaz contou que vinha de Camapuã e após uma briga com familiares resolveu sair de casa. “Ele não deu detalhes da briga, só disse que saiu de casa no sábado e foi para a casa de um amigo. Depois passou a dormir em uma praça perto da Igreja São Francisco e chegou no abrigo na terça-feira de madrugada”, explica Gilvan.

O assistente social disse que viu um compartilhamento da matéria do Midiamax sobre o desaparecimento de Willian no Facebook de uma amiga e reconheceu o rapaz. “Quando vi que era ele, entrei em contato com a família no número que foi colocado na foto”.

Gilvan informou que orientou a família a procurar uma Unidade de Saúde para que o rapaz possa ser encaminhado para o Caps(Centro de Atenção Psicossocial) para uma avaliação médica.

Jornal Midiamax