Geral

Jornal catalão acusa presidente do Real de influência em caso Neymar

O jornal catalão Mundo Deportivo publicou nesta terça-feira que o presidente do Real Madrid, o empresário Florentino Pérez, pode ter influenciado as investigações da Audiência Nacional espanhola sobre a contratação de Neymar pelo Barcelona. O ato seria uma “vingança” pelo fato de o clube azul-grená ter “tirado das mãos do Real” o atacante da Seleção […]

Arquivo Publicado em 28/01/2014, às 13h17

None

O jornal catalão Mundo Deportivo publicou nesta terça-feira que o presidente do Real Madrid, o empresário Florentino Pérez, pode ter influenciado as investigações da Audiência Nacional espanhola sobre a contratação de Neymar pelo Barcelona. O ato seria uma “vingança” pelo fato de o clube azul-grená ter “tirado das mãos do Real” o atacante da Seleção Brasileira.

O diário aponta que o dirigente madridista Fernando Fernández Tapias tem “estreita amizade” com o ministro da Justiça espanhol, Alberto Ruiz Gallardón, e também que membros da Audiência Nacional são “presença constante” no Estádio Santiago Bernabéu. Florentino Pérez teria aproveitado a denúncia do sócio barcelonista Jordi Cases sobre a contratação de Neymar para “atiçar o fogo midiático” contra Sandro Rosell, que renunciou à presidência do Barcelona na semana passada.

Porém, o próprio jornal admite que “fontes de muito crédito e alto nível” desmentiram qualquer implicação direta do Real Madrid nas investigações da Justiça espanhola sobre a contratação de Neymar. Ainda assim, a publicação diz que Pérez e Rosell discutiram durante o prêmio da Bola de Ouro da Fifa, em 13 de janeiro, com o presidente do Real negando qualquer participação na denúncia contra o Barcelona.

O clube catalão admitiu que pagou mais de 86 milhões de euros (R$ 282 milhões) por Neymar, ao invés dos 57 milhões de euros (R$ 186 milhões) anunciados inicialmente.

Jornal Midiamax