Geral

Jorge Viana relata situação de áreas alagadas no Acre e em Rondônia

Ao discursar no Plenário nesta quarta-feira (26), o senador Jorge Viana (PT-AC) definiu como “gravíssima” a situação em que se encontra o Acre, por causa das enchentes. O senador disse que fez um voo sobre as áreas alagados nos estados do Acre e de Rondônia e reconheceu que a busca de uma solução para a […]

Arquivo Publicado em 27/02/2014, às 12h31

None

Ao discursar no Plenário nesta quarta-feira (26), o senador Jorge Viana (PT-AC) definiu como “gravíssima” a situação em que se encontra o Acre, por causa das enchentes. O senador disse que fez um voo sobre as áreas alagados nos estados do Acre e de Rondônia e reconheceu que a busca de uma solução para a cheia é muito complexa.


Jorge Viana informou que o volume de água do Rio Madeira, hoje, é de 52 mil m3 por segundo. Esse número representa 50 vezes a vasão do Rio São Francisco. Segundo o senador, alguns municípios de Rondônia e do Acre estão isolados.


“Eu nunca imaginei ver imagens como as que eu vi ontem [terça-feira]”, lamentou o senador.


Segundo o senador, o governador do Acre, Tião Viana (PT), tem tomado medidas de forma preventiva, para minimizar as dificuldades da população atingida pelas chuvas. Jorge Viana se disse temeroso com a situação da BR-364, que está interditada e criticou a construção da rodovia. Ele ainda informou que tem buscado recursos no governo federal e que produtos de primeira necessidade estão sendo levados ao Acre de outros estados e até do Peru.


“Tenho experiência como prefeito e governador e nunca vi um desastre natural como esse”, declarou o senador.

Jornal Midiamax