O lateral direito Zabaleta foi um dos poucos jogadores argentinos que parou para conversar com a imprensa na zona mista, após a derrota para a Alemanha por 1 a 0, na final da Copa do Mundo, neste domingo, no Maracanã. Apesar da boa vontade, o jogador que concedeu entrevista apenas para os jornalistas argentinos acabou se irritando com uma indagação.

O repórter questionou se o camisa 4 argentino se sentia culpado pelo gol anotado por Mario Götze, já no segundo tempo da prorrogação. Na jogada, o lateral estava na marcação do atacante Schürlle, quando ele acertou o passe por cima do jogador do Manchester City. Na sequência, Götze dominou no peito e anotou o gol em cima de Romero.

Bastante bravo, Zabaleta abandonou a entrevista, passou pelos demais jornalistas e, no meio da zona mista, virou de longe para o repórter que fez a pergunta e disse: “você é um desorientado”. Depois ainda esbravejou: “seu filho de uma p…”.

Além do jogador apenas mais quatro jogadores pararam para falar com os jornalistas: o zagueiro Demichelis, o volante Mascherano, o meia Messi e o atacante Aguero. Destes, apenas Mascherano ficou mais que 10 minutos na zona mista. Cabisbaixos, os demais jogadores saíram com um semblante bastante abatido. Um dos que mais sentiu a derrota foi o goleiro Romero, último jogador a deixar o vestiário no Estádio do Maracanã.

O jovem alemão Götze marcou o gol aos 7min do segundo tempo da prorrogação. Na última chance da Argentina para empatar a partida, Lionel Messi cobrou falta para fora. Com a vitória por a 1 a 0 no Maracanã, a Alemanha, campeã também em 1954, 1974 e 1990, comemora o tetra mundial.