Geral

Jamal promete 10 médicos por turno nos postos com mínimo de cinco pediatras

Cada Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Campo Grande e centros de saúde que atendam 24 horas deverão ter dez médicos atendendo, com pelo menos cinco pediatras por turno. Essa é a meta da administração municipal, segundo anunciado pelo secretário de Saúde, Jamal Salem, nesta quarta-feira (19). A Prefeitura deve contratar 80 médicos para suprir […]

Arquivo Publicado em 19/03/2014, às 15h08

None

Cada Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Campo Grande e centros de saúde que atendam 24 horas deverão ter dez médicos atendendo, com pelo menos cinco pediatras por turno. Essa é a meta da administração municipal, segundo anunciado pelo secretário de Saúde, Jamal Salem, nesta quarta-feira (19).

A Prefeitura deve contratar 80 médicos para suprir a demanda. Jamal reconhece a dificuldade em arrebanhar médicos para trabalhar com o salário da Prefeitura, mas em reunião com o Sindicato dos Médicos nesta terça-feira (18), garantiu trabalhar para construir um plano de cargos e salários para a categoria.

“Tivemos uma reunião e agora temos um compromisso de melhorar a carreira dos médicos na rede pública”. Além dos médicos, serão contratados outros 200 profissionais de outras áreas.

Presidente da Comissão de Saúde da Câmara, o vereador Paulo Siufi esteve na reunião e afirmou que há vários médicos e profissionais da saúde concursados na Prefeitura aguardando convocação.

“Apesar de concursados, não foram convocados por Bernal e agora podem ajudar nessa busca por profissionais”, destacou.

Atualmente, pais precisam se deslocar para as unidades de saúde que têm pediatras no plantão. Geralmente, três unidades por turno na cidade atendem com pediatras.

Jornal Midiamax